Dúvida sobre tipos de deck commander.
 Dúvida sobre tipos de deck commander.
Foldmat

Esquilo
0 Referências
Posts: 3
Registro: 13/11/18
Florianópolis - SC

Postado em: 14/11/18 14:03
Olá, sou um novo jogador de Magic!
Novo mesmo, comecei agora tanto no MTGArena quanto offline, tudo o que tenho in RL é um deck Dangerous Knowledge que veio com 2 boosters do Eldritch Moon.
Eu tenho experiência jogando Hearthstone mas Magic ainda estou começando.
Minha namorada gosta de Magic, ela jogava antigamente o modo Commander e ela tinha um deck da Kalemne, mas atualmente ela não tem mais esse deck então nós vamos comprar um deck commander pra cada um para podermos jogar, eu dei uma pesquisada sobre o modo de jogo Commander e fiquei em dúvida sobre uma coisa.
Os decks pré-construídos de commander tem um estilo de jogo definido? (agro, controle, combo)
Eu já dei uma pesquisada mas não consegui encontrar informações sobre isso, eu gosto mais de jogar com deck Aggro então tô em dúvida sobre qual deck comprar, como eles são de 100 cartas são mais caros que os decks normais e eu não tenho tanto dinheiro assim pra investir muito num deck então eu queria escolher bem.

Espero não estar infringindo as regras de postagens, valeu!
 
Hollow

Esquilo
14 Referências (100.00% positivas)
Posts: 2076
Registro: 14/01/15
São Paulo - SP

Postado em: 14/11/18 16:41
A maioria dos decks pré-construídos tentam trazer uma mescla de cards que sejam bons pra 3 comandantes, então no fim, o deck fica meio "torto". Não quer dizer que eles sejam ruins. Muitos deles são ótimos pra se jogar direto da caixa, inclusive. Mas a maioria dos decks não tem uma estratégia tão bem definida assim. Todos acabam ficando meio Midrange com algumas sinergias e algumas cartas ruins perdidas.

De maneira geral, os mais sinérgicos são os que propõe comandantes que "jogam parecido". Pra dar um exemplo: o Commander Monored de 2014. Esse pré-construído propõe 3 comandantes: Dareti, Feldon e Bosh. Tanto o Dareti quanto o Bosh jogam com artefatos. O Feldon tem alguma sinergia com artefatos também. Então de modo geral, o deck vem com uma sinergia legal. Os 3 comandantes têm uma pegada legal pra combo, mas o deck não vem com nenhum. É apenas um Monored Midrange com várias sinergias, e que joga com artefatos.

Por outro lado, o deck UWBR de 2016, por exemplo, propõe a Breya ou alguma combinação de Partners envolvendo Akiri e Bruse Tarl, que são Boros, focados em combate, e Silas Renn que é UB e joga com artefatos e cemitério. Pra englobar as duas frentes, eles colocaram cards sinérgicos com artefatos, que "cheiram a combo", e também colocaram uma "ala" Aggro no deck pra funcionar bem com a parte Boros. O resultado é que o deck ficou meio torto. Uma parte parece ser um Midrange sinérgico com artefatos, e que com algumas adições daria um ótimo deck Combo, e outra parte remete a um Aggro que gosta de equipamentos.

Basicamente: o Monored de 2014 é bem bacana de se jogar tirando direto da caixa. O UWBR de 2016 é bem esquisito. Ambos no fim das contas são Midranges.
 
Foldmat

Esquilo
0 Referências
Posts: 3
Registro: 13/11/18
Florianópolis - SC

Postado em: 14/11/18 22:48
Hmm entendi mais ou menos como funciona. Então o negócio é eu dar uma olhada no que vem em cada deck e ver qual é o de minha preferência certo?
Quando não estiver usando meu deck de commander eu posso juntar algumas cartas pra usar no meu deck legacy?
 
marcneto

Esquilo
1 Referências (100.00% positivas)
Posts: 10
Registro: 06/11/15
Rio de Janeiro - RJ

Postado em: 16/11/18 23:50
Poder botar no seu deck de legacy vc até pode mas poucas cartas devem se encaixar bem porque legacy é um formato sem graça, onde se vence nos primeiros turnos só com cartas custo baixo.

No Commander vc, sua namorada e amigos podem jogar mesão, que é o estilo de cada um por si numa mesa de 5, 6 jogadores. Podem jogar gigante de duas cabeças (partida de duplas) ou o 1x1.

Outros formatos como standard, moderno e lagacy não tem essas possibilidades.

Recomendo comprar qualquer um pré construído dos Commander 2018 pois são bons e tem algumas cartas valiosas.