[Futebol] Estaduais 2015
 [Futebol] Estaduais 2015
Snoopy

Esquilo
0 Referências
Posts: 8607
Registro: 22/07/03
Barbacena - MG

Postado em: 03/02/15 13:36
Eu não falei mal do banco do Palmeiras, o problema do Palmeiras para mim é outro, o de ter arrumado quase 20 jogadores em apenas uma janela de transferência. Até ver como todos jogarão, testar formações diferentes, vai um tempo. Daí dará para medir. Não acho que esteja mal.

Quando eu coloquei Atlético e Inter acima dos demais, foi pensando em tudo, não apenas nos 4 jogadores de frente da equipe titular.

O Lucas Lima eu não acompanho muito, mas pelo que acompanhei não é um jogador que vem de 2-3 grandes temporadas, está se firmando como referência por agora e, por isto, eu escrevi "não sei se será isto tudo". Futuro. Mas assumo o desconhecimento, se o sujeito está jogando o fino da bola desde 2013, my bad.
 
Fabiosoeiro

Esquilo
8 Referências (100.00% positivas)
Posts: 8880
Registro: 06/06/10
Sobral - CE

Postado em: 03/02/15 14:27

Disso eu concordo :D

 
Gruger

Ancião
7 Referências (100.00% positivas)
Posts: 20052
Registro: 26/05/03
São Paulo - SP

Postado em: 03/02/15 20:35

Bom, até o Brasileirão, o Palmeiras não tem nenhum compromisso sério, já que não joga a Libertadores.
Temos bastante tempo para treinar e entrosar a equipe... E ir revezando os jogadores no estadual para que eles não se machuquem e para identificar a melhor formação.

 
Snoopy

Esquilo
0 Referências
Posts: 8607
Registro: 22/07/03
Barbacena - MG

Postado em: 03/02/15 20:49

Eu concordo e vou mais longe, se Corinthians e SP estiverem com a cabeça toda na Libertadores, o Palmeiras se torna o grande favorito para copar, já que o Santos está totalmente em crise. Vai ter o primeiro semestre para por ordem na casa e no segundo buscar chegar o mais longe possível na Copa do Brasil e uma posição boa no Brasileiro.

Eu queria era que o Brasileiro começasse hoje, hahaha, já que meu time é um dos poucos que parece completo.

***

BB, Cardenas é do Galo. Muda alguma coisa na sua comparação entre os ataques do Brasil?

 
KEIRRISON

Esquilo
0 Referências
Posts: 18195
Registro: 25/01/09
Campinas - SP

Postado em: 04/02/15 00:56
Ai seu presidente faz um puta trabalho, estampa todo canto da camisa de patrocinadores, alavanca o ST em quase 100 mil e a GBT , vulga GLOBOSTA, joga merda em cima de tudo e bate firme o pé pela espanholização do futebol brasileiro.

17 milhões Palmeiras...45 Flamengo, 38 Curintia.

Isso porque 90% dos jogos deles são televisionados pela TV aberta.

Dilma, CBF e Globosta.

Isso é Brasil.
 
Hardcore81

Esquilo
0 Referências
Posts: 11342
Registro: 17/11/08
Carmópolis De Minas - MG

Postado em: 04/02/15 01:18

To tentando entender o que voce acabou de postar.

Primeiro, estampar patrocinador na camisa eh algo que voces conseguiram em 2015, alavancar o ST eh coisa de 2015, o que isso tem a ver com o PPV de 2014?

Segundo, ninguem eh doido de achar que Galo, Gremio e fregueses tem mais torcida que SPFC e Palmeiras, os caras fizeram um levantamento com base em teoria estatistica, com uma das empresas mais conceituadas no ramo no Brasil e chegaram a esse numero, que diz que Galo, fregues e Gremio compraram mais PPV que o resto, e menos que Fla e Corinthians. Qual o ponto da discussao?

Voce soh nao foi full retard mode porque xingou bem xingado na ultima linha.

 
KEIRRISON

Esquilo
0 Referências
Posts: 18195
Registro: 25/01/09
Campinas - SP

Postado em: 04/02/15 01:43

Voce é mais burro e ignorante que eu imaginava.

Falei de patrocínios e ST exemplificando o esforço do Nobre em conseguir receitas consideráveis e honestas pro time se sobressair financeiramente sobre os demais.

Ai vai lá a Globosta e distribui a grana do Pay Per View como lhe convém (enchendo o CU de Flamengo e Curintia de dinheiro) e joga merda em todas essas ações de arrecadação, doando uma grana a mais pra Curintia e Flamengo que equivale a um valioso patrocinio master.

1- Os jogos de Flamengo e Curintia são quase todos televisionados pela TV Aberta. Não faz sentido ALGUM eles liderarem as vendas de PPV com uma diferença proporcionalmente absurda a esses valores.

2- A empresa mais conceituada do ramo do Brasil responsável pela pesquisa é o IBOPE, que pertence a própria Globosta.

 
Snoopy

Esquilo
0 Referências
Posts: 8607
Registro: 22/07/03
Barbacena - MG

Postado em: 04/02/15 02:14
BB:

1. Levando em consideração que Corinthians e Flamengo tem uma quantidade absurdamente maior de torcedores que os demais clubes (no último levantamento, Fla tinha algo entre 30-35 milhões, Corinthians próximo de 30 milhões, meu clube tinha quase 7 milhões, o seu tinha exatos 10 milhões...), os jogos em casa não são transmitidos para as próprias praças (ou seja, metade do campeonato) e nem todos os jogos fora de casa são transmitidos (porque às vezes vai passar jogo do Palmeiras ao invés de jogos do Corinthians, mesmo que seja apenas 2 vezes do campeonato), faz total sentido que o PPV seja desigual assim. Tipo, quem você acha que comprou mais PPV: a torcida dos smurfs, que foram campeões brasileiros, ou a do Palmeiras, que lutava para não cair e tinha um elenco podre?

2. O que deveria ser feito é simplesmente verificar pelo PPV para qual time cada assinante torce. Acho que todas as operadores de tv a cabo devem ter esta informação e sempre que o sujeito vai comprar o PPV ele deveria marcar a opção, de modo a indicar qual clube ele quer favorecer quando for distribuir a grana. Esta modelagem estatística é complicada quando você trabalha com uma quantidade absurda de clubes, já que a margem de erro assume um papel que ela não deveria ter (de empatar todo mundo a partir de um ponto). Seria mais preciso fazer do outro jeito, i.e., como o IBGE e não como na PNAD. E possivelmente mais barato também. Porém, e é importante que seja dito, mudaria muito pouco. A não ser que tenha havido fraude, nenhum time deve apresentar uma variação muito grande no valor total recebido. E lembrando que, caso tenha havido fraude, nada impede que não haja fraude adotando outro modo. Acho que com uma empresa independente fica mais tranquilo, aliás.

3. Nem o Ibope nem o Datafolha são propriedade da Rede Globo. Datafolha, como todos devem saber, é da Folha de São Paulo.

4.

Ambos foram full retard, porque, apesar de eu ter nojo da CBF e não gostar nenhum pouco da Dilma (tampouco ter votado nela), nenhum dos dois (principalmente a porra da Dilma) tem a ver com a distribuição da grana de Pay per view. Pelamor de deus galera, tem alguém ensandecido aqui achando que a Dilma pesou a mão para Corinthians e Flamengo? Ou para o Galão da massa, já que a presidenta é atleticana?

Só a Globo que decide como vai distribuir.

 
Hardcore81

Esquilo
0 Referências
Posts: 11342
Registro: 17/11/08
Carmópolis De Minas - MG

Postado em: 04/02/15 02:44
Baita papo mentiroso esse de quase todos. Se passar 40% eh muito. E do jeito que ir pro estadio virou um programa caro, se tiver dois torcedores do time em casa ja compensa muito mais ter PPV do que ir em cada jogo. Ai o cara pega os que quiser ir e vai.

O BB me chamou de burro, eu ia perguntar pra ele qual seria um metodo justo de distribuir as cotas do BR2014 se um levantamento com os assinantes de PPV nao eh. Desisti de perguntar, porque to achando que ele vai dizer que um criterio bom eh o numero de socios do programa de 10 reais mensais do time dele, ou pra distribuir pelo numero de contratacao de cada time.
 
KEIRRISON

Esquilo
0 Referências
Posts: 18195
Registro: 25/01/09
Campinas - SP

Postado em: 04/02/15 03:58
Vamos por parte, que discordo de praticamente tudo.

Pelo mesmo IBOPE, tio Snoopy?

Palmeiras sempre teve e tinha em pesquisas até 5 ou 6 anos atrás entre 15 e 16 milhões de torcedores. E isso não é ilusão ou loucura nossa, muito menos do presidente do clube que não parece ser tarja preta.

16 pra 10 milhões são 6 milhões de diferença, 30% a menos de torcida, é MUITA diferença

Aí de alguns anos pra cá 30% dos palmeirenses morrem ou viram casaca pela draga do time e o time passa a ter repentinamente 10 milhões e o Curintia que tinha 24 passa a ter 30.

1 pra cada 3 curintianos.

Se voce pegar pesquisas recentes (últimos 2 ou 3 anos) do Datalfolha, IBGE ou outros institutos, vai ver que constava o Palmeiras com 12 e 13 milhões de torcedores (que com a margem de erro e uma possível queda pela má fase, torna-se mais aceitável) e o Curintia por volta de 25. Até essa aqui do final do ano passado mostra um cenário bem diferente da qual se refere apontando pra uma proporção mais próximas de 1 palmeirense pra 2 corintianos (o que convenhamos é uma diferença gritante).

Enquanto voce querer discutir número de torcida citando pesquisa de IBOPE como referencia, não te levarei a sério. Voce não tem memória curta e sabe bem a catástrofe nos números cometida por eles nas últimas eleições presidenciais.


O boom no Avanti em todo o brasileiro com esse elenco podre contraria a sua tese de que a torcida palmeirense só consome na boa. Aliás, se voce conhecesse cientificamente a torcida do Palmeiras saberia o tamanho da besteira que tá falando. P

Já foi mais que comprovado que palmeirenses consomem o time na boa e na draga. Os públicos dos últimos jogos do brasileiro brigando pelo rebaixamento é outra prova, além do Avanti (que é um produto cuja sua adesão se assemelha mais a compra de PPV).

Algo TÃO difícil e complexo de ser feito, né?

Medir os PPV vendidos pelos cadastros dos assinantes dos quais deveriam ser obrigatórios descrever o time que torcem tão quanto o RG e o Nome completo...

Algo tão primitivo e básico poderia ser adotado se a intenção deles não fosse manipular a divisão.

Já que voce deve estar pensando nesse momento que eu estou com coitadismo e inventando teorias de conspiraçao ou manipulação porque é meu time que tá se fodendo ganhando pouco, ai fica minha pergunta simples e direta pra sua realidade sóbria.

Porque RAIOS eles não adotam a forma acima, infinitamente mais simples e confiável, pra saber quem consome mais, quem consome menos?

Tempo...



Aqui voce foi sensato até a última linha. Na minha opinião, mudaria TOTALMENTE.


O IBOPE não é propriedade da RGT, mas é um instituto associado e filiado a ela. Todas as pesquisas encomendadas pela emissora são ao IBOPE. E o reflexo disso foi amplamente discutido por cientistas politicos na última eleição após os resultados catastróficos e extremamente duvidosos das pesquisas.

A Dilma é atleticana. Mas vem cá snoopy, tua inteligencia lhe permite saber que o real presidente do Brasil é o LULA e a Dilma só obedece suas ordens e esquenta a sua cadeira pelos próximos 4 anos. E ele é curintiano.

Ele comanda e ele deu de presente pro time dele um estádio financiado pelo GOVERNO, pra ser palco da estréia da Copa do Mundo, livre de impostos e cercado de inúmeros favorecimentos federais explícitos amplamente discutidos nos últimos 5 anos nesse fórum.

------------------

Imagino quais sejam suas respostas baseadas em loucura, coitadismo ou teoria da conspiração minha.

Como não deveremos entrar em um consenso, é melhor cada um acreditar no que acredita e ficar com o seu próprio julgamento dos fatos.

Editada em: 04-02-15 04:01:05 por KEIRRISON.

 
_SM0KE_

Assassino
0 Referências
Posts: 7541
Registro: 28/12/04
Pomerode - SC

Postado em: 04/02/15 07:53
Sobre esse lance de numero de torcedores, eu sempre tive uma ideia diferente...

*Segundo o IBGE, o Brasil tem em torno de 200 milhões de pessoas.

*Podemos tranquilamente descontar 20% de crianças pequenas que nem sabem o que é futebol ou não são realmente torcedores. (40 milhões)

*Qual a proporção de mulheres que vocês acham que torcem pra algum time? Eu duvido que 50% delas, mas vamos chutar alto e dizer que 60% delas gostam de futebol. Então 40% delas não tem time (aprox. 40 milhões)

*Existem também homens que não curtem futebol, ou que só torcem pra times da Europa. Vamos supor que sejam 5% (5 milhões, novamente chutando baixo)

Levando em conta isso, haveriam em torno de 115 milhões de torcedores no Brasil. Somando os torcedores da pesquisa no link que o BB postou, onde não aparecem vários times que tem SIM torcida como Coritiba, Figueirense, Paysandu, Avai, etc, são 144,6 milhões de torcedores. Podem dizer o que for, mas tem dado aí que pra mim não bate.
 
KEIRRISON

Esquilo
0 Referências
Posts: 18195
Registro: 25/01/09
Campinas - SP

Postado em: 04/02/15 09:23

Smoke, sou publicitário, já trabalhei alguns anos nesse ramo de pesquisa.

Sei o QUANTO essas pesquisas são falhas e podem ser manipuladas a favor dos que mais beneficiam os interessados.

Galera se esquece que somos BRASIL.

Palmeiras de 16 milhões de torcedores vai pra 10 milhões em 10 anos, queda superior a 30%.

O ANUS desse IBOPE.

No final da década de 90 o Palmeiras ainda era a 3a maior torcida do Brasil, a frente do SP. Posição que se manteve por aproximadamente 86 anos.

Ai ele despenca, cai pra 3a posição e a torcida encolhe 30 (TRINTA) % em 10 anos.

Esses anos todos de favorecimento explicito de arbitragem pró-Curintia, que todos, inclusive os curintianos aqui, devem concordar também é coitadismo meu ou coincidencia porque a arbitragem é ruim pra todos (um absurdo que eu já escutei algumas x aqui de flamenguista e curintiano).




Editada em: 04-02-15 09:27:58 por KEIRRISON.

 
STANDARD dial0g

Ancião
13 Referências (100.00% positivas)
Posts: 18890
Registro: 24/09/01
São José dos Campos - SP

Postado em: 04/02/15 10:01
Esquecendo tudo isso e vendo como estão as peças nesse tabuleiro, fica claro que o Palmeiras precisa conseguir se organizar financeiramente e disputar lá encima todos os campeonatos nos próximos 4 anos pra TENTAR se manter entre os grandes depois, pois a diferença de $$ que vai entrar para Flamengo/Corinthians será exorbitante.

Será necessário somar quase que toda renda do Palmeiras para chegar no que o Corinthians/Flamengo vão ganhar só de televisão..


Desde que nasci muita coisa eu já vi
Maldade existe aqui, mesmo assim eu não fugi
Tanta pilantragem, tanta coisa errada
Eu testemunhei, mas eu resistirei

Testemunhei, não me calei, resistirei!

Claro que mais fácil seria me entregar,
mas nunca me entrego e continuo a acreditar!


 
Snoopy

Esquilo
0 Referências
Posts: 8607
Registro: 22/07/03
Barbacena - MG

Postado em: 04/02/15 10:56
BB, em momento algum eu falei de coitadismo velho. Você que está muito puto e está arrumando pelo em ovo.

Vamos lá:

sim, infelizmente as pesquisas que nós temos disponíveis para medir a torcida são estas daí. O modelo estatístico delas é bem ruim. Você é publicitário, eu sou formado em Ciências Sociais e passei um período nas áreas de sociologia e ciência política antes de resolver fazer minha pós-graduação em antropologia, entendo sobre pesquisa quantitativa também, busco os microdados na hora que saem as pesquisas eleitorais para saber as diferenças de metodologia que podem refletir as discrepâncias entre o instituto A e o B, etc.

O modelo estatístico que eles usam é ruim para medir uma amostra com um conjunto enorme de resultados diferentes. Realizar uma pesquisa de opinião para saber qual candidato está na frente em um universo bipolar (i.e., que só tem "A" e "B") é uma coisa; realizar isto com mais de 50 resultados possíveis (i.e., todos os clubes que podem receber grana do PPV), é outra história: a partir de uma posição, todo mundo vai estar empatado na margem de erro e 1 ponto percentual na margem de erro significará 3 milhões a mais ou a menos que alguém receberá. É uma diferença absurda. Se a pesquisa for de apenas 2 pontos na margem de erro, ela ficará assim: "o clube 'x' pode receber 15M, sendo que ele poderia receber entre 9 a 21M".

Agora, não significa que haja fraude ou qualquer coisa do tipo.

Pesquisas eleitorais não dão conta dos fluxos da mudança de opinião. Marina Silva fica 2 semanas lá em cima e na terceira tem uma agenda ruim, não emplaca programas, vai mal nos debates. os candidatos que não eram fidelizados a ela buscam outra opção. "Ah, as pesquisas erraram". Não erraram. Elas retratam um momento. No dia "x" ela tinha 28%. No dia "x + 2" ela tem 20%, no "x + 4" tem 15%. As mudanças de opinião são fáceis, é só você cometer um grande deslize. Trabalhar com grupos focais demonstra isto, um tema que o candidato trás a tona pode ser inegociável para o eleitor e fazer ele fechar as portas (temas como aborto, por exemplo). Não significa que não haja tramoia nas pesquisas; pode haver. Mas isto não invalida todas.

Se os dados do IBOPE e do Datafolha não foram fraudados, não tem porque achar que o registro do time que torce no PPV seria muito diferente do resultado na amostra colhida, no que concerne as colocações no ranking. A não ser que você ache que, de fato, exista fraude.

Agora, este papo de "o Palmeiras tinha 16M". A pesquisa que disse que sei lá quantos anos atrás eram 16M foi feita com o mesmo modelo estatístico que a atual, na real podia até ser tecnicamente inferior. O grau de confiança que você tem que ter na que diz que eram 16M é o mesmo para a que diz que são 10M. Observação: o ridículo desta modelagem estatística é que, em um universo de 200M de pessoas, 1 ponto percentual equivale a 2 milhões de pessoa, então se as pesquisas tiverem 2 pontos percentuais de margem de erro, os 16M e os 10M configuram "empate técnico" (afinal, o primeiro é uma torcida entre 12 a 20M, o segundo, entre 6 a 14M, havendo 2M entre 12 e 14M onde a margem cobre ambos os resultados).

Outro ponto importante: em momento algum eu falei que a torcida do Palmeiras só consumia "na boa". Mas é diferente comprar o ST e comprar o PPV. O ST você compra para participar do clube, sentir-se membro e, principalmente, ajudá-lo. O PPV você compra pelo espetáculo. O Palmeiras não ofereceu NENHUM espetáculo em 2014. É normal, com a inauguração da Arena e uma perspectiva boa para 2015, haver um crescimento no ST, especialmente porque o valor para entrar nele é 10 reais. Nenhum destes argumentos faz sentido para um palmeirense comprar PPV. Tenho certeza que se o Palmeiras fizer um 2015 forte o valor dele de PPV pode até dobrar.
 
KEIRRISON

Esquilo
0 Referências
Posts: 18195
Registro: 25/01/09
Campinas - SP

Postado em: 04/02/15 14:58
Snoopy, concordo e aqprecio sua breve dissertação sobre pesquisas, mostra que tem alto conhecimento sobre o assunto.

E concordo também com o principal, são uma BOSTA.

Só que voce não conseguiu responder a única pergunta que te fiz ali em cima.


Minha resposta.

Porque querem manipular e favorecer os 2 queridinhos da massa que dão maior retorno de audiencia e publicidade a emissora.

E a sua?


Isso não faz sentido.

Se o time tivesse brigando no meio da tabela, na zona morta sem nenhum tipo de atrativo ou apelo ao torcedor, beleza. Mas brigou o campeonato todo contra o rebaixamento, com inúmeros jogos decisivos pra fugir da degola.

Eu por exemplo, não consegui ignorar 1 jogo do Palmeiras no 2o turno que foi televisionado. E os que não eram televisionados, acompanhava em tempo real pela net ou procurava saber imediatamente depois do fim. Cair pra 2a divisão no ano do centenário seria uma catástrofe sem limites e essa apreensão manteve o palmeirense interessado em assistir os jogos do time.

Todo o sofrimento pra não cair em um ano como aquele trouxe um apelo grande por parte de torcedores, de uma maneira antagonista que seria se o time tivesse disputando algo la em cima.

Não concordo.



Editada em: 04-02-15 15:00:02 por KEIRRISON.

 
Snoopy

Esquilo
0 Referências
Posts: 8607
Registro: 22/07/03
Barbacena - MG

Postado em: 04/02/15 15:17
Velho, então, resumindo a estes dois pontos. Minha opinião:

a) porque fazer a distribuição de PPV por pesquisa de amostragem e não pelo cadastro?

Honestamente, não sei. Talvez por alguma falha nos cadastros ainda não seja possível, talvez para distribuir melhor o dinheiro de bares (que tem um PPV diferente), sei lá qual o sentido. E nem descarto tramóia não, fique claro.

Agora, a facilidade de fraudar pesquisas de dois institutos (e o custo para estes institutos caso isto viesse à tona) é a mesma de fraudar este dado do PPV. O cadastro do PPV é muito mais fácil de a Globo, que gere o serviço, fraudar, do que a pesquisa do Datafolha (que é de uma empresa que concorre com a Globo no setor de media).

Novamente, não que não haja fraude, mas distribuição pelo cadastramento pode ser facilmente fraudado também, a não ser que haja grande transparência.

Ainda assim, é um modelo melhor, eu e você estamos de acordo. A variação dentro da margem de erro, que implica em milhões de reais, seria corrigida, e erros amostrais não aconteceriam.

b) PPV x ST

Então, acho que fica uma diferença de opinião. Eu também, quando o Galo estava na pior, acompanhava muito os jogos, as notícias, etc. Mas jamais pensaria em comprar PPV. Não ia pagar uma nota para ver o time se foder. Via de graça na tv, tempo real na internet, para geralmente morrer de raiva depois, com o coração na mão. Quando o Galo passou a bicar todo mundo, eu e uns amigos já topamos comprar um pacote para assistir a todos os jogos. Não podemos ir ao estádio, porque não moramos em BH, então foi a melhor saída.

Novamente, meu caso (e dos meus amigos) pode ser isolado, mas o Galo sempre vendeu muito PPV (o Kalil mesmo disse que seria BOM para o clube não ter jogos na tv aberta por causa da grana absurda do PPV, frequentemente o Galo está no top 5).

Eu acho que o consumo de ST, venda de camisas, etc., tem um padrão diferente do PPV. Mas estou no achismo e não tenho base técnica para falar a respeito.
 
Gruger

Ancião
7 Referências (100.00% positivas)
Posts: 20052
Registro: 26/05/03
São Paulo - SP

Postado em: 04/02/15 20:12
É preciso entender que o valor que a Globo paga pelas cotas de TV não tem nada a ver com o número de torcedores de determinado time que pagam PPV. Tem a ver com a quantidade de pessoas que assistem a determinados jogos no PPV.

Por exemplo: eu fui assinante PPV por algum tempo... Obviamente sou Palmeirense. Pela ideia do BB, eu contaria 1 ponto para o Palmeiras... No entanto, eu não via SÓ jogo do Palmeiras pelo PPV. Via de outros clubes também. A questão toda que precisa ser levantada é QUANTO DE AUDIÊNCIA um jogo do PPV do Corinthians/Flamengo bate e quanto é a audiência no PPV de outro clube. Afinal, o que a Globo vende é publicidade baseada na audiência e o que ela paga aos clubes é proporcional a isto.

Não estou dizendo que as contas batem ou que a audiência do Palmeiras no PPV é maior que a do Corinthians. Só estou dizendo que nem IBOPE e nem cadastro de torcedores quando assinam o PPV são coerentes com o propósito da coisa, que é remunerar proporcionalmente a mais os clubes que dão mais audiência.

Eu não sei quanto a assinatura do PPV rende para os clubes, mas não é o único fator que é considerado na distribuição das cotas e nem acho correto que seja o principal.
 
Snoopy

Esquilo
0 Referências
Posts: 8607
Registro: 22/07/03
Barbacena - MG

Postado em: 04/02/15 20:28

Cota de tv aberta é uma coisa, PPV é outra.

Eu discordo do modelo do Gruger. Eu sou atleticano, se assinei PPV foi para ver jogos do Galo. Vou ver de outro time que estiver jogando muito bem, disputando título, quando o Galo não estiver jogando e eu tiver tempo livre? Possivelmente. Só que o motivo de eu ter o PPV não é este. Aliás, se o Galo não estivesse jogando aquele campeonato, eu não assinaria.

A audiência de um jogo de PPV é pouco relevante, o muito relevante é sim quantos assinantes cada clube leva para o esquema. A audiência é super relevante para a tv aberta (já que ela vive de publicidade mara milhões), já o PPV, que vive da grana da assinatura (e é bem caro), quer saber de assinantes. É um público pequeno e o ganho com publicidade ali não deve chegar a 10% do que a Globo recebe na tv aberta.

 
Snoopy

Esquilo
0 Referências
Posts: 8607
Registro: 22/07/03
Barbacena - MG

Postado em: 04/02/15 20:42
Estou no Maranhão, queria ver o jogo da Libertadores entre Corinthians e Once Caldas, mas vai transmitir Flamengo e 'x' no estadual.

A Globo divide os estados do país que não possuem times fortes em Rio de Janeiro e São Paulo. Como o Maranhão foi decidido ser colônia do RJ, aqui praticamente não vai passar jogo da Libertadores para passar do campeonato carioca. Como não tem 1 time do RJ na competição continental, o Maranhão não vai ver os melhores times do país jogarem a principal competição do ano. Massa, né?

Detalhe: tem MUITA GENTE aqui que não torce para os times do RJ. A maioria é do RJ (Flamengo, principalmente), mas o crescimento de outros clubes (principalmente SPFC e Corinthians) nos últimos anos foi bem grande (SP cresceu quando do tri brasileiro, Corinthians na fase do Ronaldo e depois com as conquistas do Tite).

Galo e Cruzeiro também estão em alta, muita gente no bar comenta, diz que quer ver jogo, etc.

Mas ao invés de passarem estes jogos, por uma questão política, vão passar o Euricão.

Em outros estados do país é o contrário, só passa jogo de São Paulo. Aí se fosse o inverso, SP fora da Liberta, não veriam jogo da maior competição do continente e sim o paulistinha.
 
Gruger

Ancião
7 Referências (100.00% positivas)
Posts: 20052
Registro: 26/05/03
São Paulo - SP

Postado em: 04/02/15 20:46
Snoopy: Você pode discordar o quanto quiser de mim... a questão é que o que importa para a Globo é a audiência e não a quantidade de assinantes. Se o Palmeiras tem um zilhão de assinantes de PPV, mas o Corinthians ganha na audiência de PPV, é óbvio que o contrato com o Corinthians será maior. E é justo que seja, pois ele dá mais retorno para a Globo pelos contratos de publicidade.

O que eles ganham com publicidade é tão grande que a renda da assinatura de PPV (que tem que ser compartilhada com vários intermediários) é pífia. 30s de propaganda em um jogo com grande audiência vale mais do que milhares de assinantes de PPV.

EDIT:
O modelo não é "meu". É o modelo da nossa realidade, onde há o monopólio de uma empresa para distribuir as cotas de TV da maneira que entende e os clubes tem que baixar a cabeça e aceitar. Quando os clubes conseguirem sobreviver sem depender tanto da TV, eles poderão se unir para tentar quebrar essa "preferência" por Corinthians e Flamengo.

Editada em: 04-02-15 20:49:37 por Gruger.