Load or Cast
Hora do Pauper – Jumpstart
Mesmo sendo uma edição voltada para o limitado, Jumpstart pode oferecer opções ao metagame.
17/07/2020 10:05 - 5.307 visualizações - 9 comentários
Load or Cast

E aí galera, tudo bem? Aqui quem vos escreve é o Heli e hoje venho apresentar alguns destaques da nova edição Jumpstart para o formato Pauper. Para quem ainda não viu muito, essa edição sairá oficialmente em 17/07, sendo voltada para o limitado, onde a ideia é você abrir dois booster e jogar com o que vier. Contendo pacotes temáticos que podem funcionar muito bem entre si.

Dito isso, poucas cartas novas vieram na raridade comum, mas a maioria das outras tem muito foco em Commander. Falando de Pauper, teremos 188 reprints (considerando terrenos) e apenas doze cartas novas, sendo que cinco delas fazem parte de um ciclo de terrenos, além de dois downgrades. A edição será lançada no Arena também, porém no MTGO veremos algumas, via baús; inclusive, elas já estão disponíveis. Um número bem pequeno dessas cartas deve figurar no formato, mas é interessante destacar as novas adições, até porque nenhum reprint me pareceu indispensável.


Lightning Visionary

 


Criatura relativamente simples, que destaco o fato de possuir a habilidade de Destreza, sendo ainda pouco explorada no formato. Mesmo tendo um CMC mais baixo, acaba sendo mais interessante que o Rufiao do Anel de Mago ou Maga Sanguinaria, por não ter restrições e contar um poder de ataque ok. Não vejo ela entrando em nenhum deck competitivo no momento, mas espero que mais cartas nesse estilo possam vir para o formato em breve.
 

Chamas Famintas




Originalmente lançada em Revolta do Éter, recebeu downgrade de raridade e agora poderá ser utilizada no formato. Facilmente podemos comparar com Labareda Cauterizante, mas posso destacar duas vantagens: primeiro por não depender da Aterragem para ser eficiente e ter um custo de mana menos restritivo, exigindo apenas uma mana colorida. Como desvantagem, dificulta o fato de ter um CMC três, mas acredito que elas possuem características similares e vejo espaço para testes. Penso que ela pode ser promissora, podendo ser testada no próprio Burn ou talvez ser explorada em arquétipos como Boros o Izzet, onde podemos ter um efeito duplo. Boros Bully também pode ter um espaço para ele já que podemos causar dano no oponente, remover uma criatura e ainda desencadear a destreza do Buscador do Caminho. Espero ver essa carta jogando e sendo testada no formato.
 

Lightning-Core Excavator




Mesmo tendo um custo baixo de mana, não vejo um deck interessante para o uso deste artefato. O fato de sua habilidade de dano poder visar qualquer alvo é um ponto positivo, mas não o suficiente para fazer essa criatura ser interessante.


Archaeomender

 


Não é só no nome que essa criatura lembra o Arqueomante, pois sua habilidade desencadeada também retorna algo no cemitério, neste caso o alvo precisa ser um artefato. Entendo que não seja temático do azul, mas acredito que seria mais interessante se ela pudesse dar alvo em encantamentos também. Seu custo é compatível com seus atributos, mas não vejo ela jogando em nada competitivo, talvez em alguma versão de Jeskai Affinity, que pode ter sinergia com o ETB dela. Existe a possibilidade de algo com um MonoBlue Robots ser viável já que o azul conta com Escultor de Etherium, Conjurado por Pensamento e Serpente Mecanivora, todas cartas bem sinérgicas com artefatos.
 

Trusty Retriever
 


Se o Archaeomender não oferece versatilidade, esse cachorro vem mostrar que é possível uma criatura fazer várias coisas num corpo relevante. Não vejo um lugar no momento para essa criatura, mas suas opções me fazem ver possibilidades, já que ela pode ser útil em decks que abusem de criaturas com ETB ou que necessitem recuperar cartas importantes do cemitério.

 

Nocturnal Feeder
 


Por esse custo, esperamos que uma criatura do formato faça mais do que desencadear algo quando morre, porém podemos começar a ver vantagens em sinergias de sacrifício. O fato dela ter evasão favorece seu uso como agressora, mas é em sua habilidade que vejo seu uso possível, principalmente em decks que possam trazê-la de volta do cemitério.


Familiar do Caldeirao

 


Esse gato tem causados estragos em toda sua existência no Standard e não esperávamos vê-lo figurar no Pauper. Considero um downgrade bem vindo, já que que ele sim pode e será utilizado no formato, provavelmente resgatando alguma versão do deck com Existencia Torturada. Mesmo sem o Forno da Bruxa é possível modificar o deck para tirar um maior proveito da carta, sendo que a principal seria uma forma de criar fichas de comida. Vaca Barganhada ou Espeto do Gigante são duas formas viáveis para que a mecânica tenha sucesso, porém sem o forno é necessário ter algo para sacrificar o gato e é aí que as coisas ficam complicadas. Comedor de Podridao seria uma escolha óbvia, mas acho que não podemos no esquecer do Altar de Ashnod.


No geral, é bem difícil pensar que podemos fazer um combo “infinito”, mas vejo que o deck ganha um win condition satisfatória e plausível, já que o deck possui listas com problemas sérios para definir partidas.


Thriving Lands


  
 


Jumpstart nos trouxe um novo ciclo de terrenos, as Thriving Lands: Thriving Heath, Thriving Isle, Thriving Moor, Thriving Bluff e Thriving Grove. Todas elas entram viradas e geram uma mana de duas opções de cores: uma fixa e a outra você pode escolher quando o terreno entra em campo. Infelizmente são opções que entram viradas, não adicionando uma das coisas mais pedidas pelos jogadores, que seria uma ótima para decks agressivos de duas cores. Mas, como me parece algo que a Wizards não quer no momento, acho justo dizer que esses terrenos irão melhorar a base de mana de decks de duas cores que fazem splash para uma terceira cor, já que a outra possibilidade é o uso de lifegain lands. Tron, Boros Monarca e decks Ux poderão se beneficiar desses terrenos, mas acho possível que comecem a aumentar o número de decks com três cores que não usem terrenos nevados.


No geral, Jumpstart não deverá alterar o metagame, porém vejo uma mudança significativa no conceito de criação das cartas, mesmo quando a edição não quer impactar o Pauper. E vocês, o que acharam da coleção para o formato? Gostaram mais dos reprints? Acham que onde decks podem melhorar ou surgirem com essas adições? Deixem seus comentários e vamos conversar mais sobre o formato!


Galera, vou ficando por aqui e espero que tenham gostado da análise. Um abraço a todos e até mais!

Heli Mateus ( helimateus)
Heli Mateus conheceu o Magic em 1998, mas começou a jogar em 2015 quando conheceu o
formato Pauper. Hoje é entusiasta do formato e produtor de conteúdo, principalmente como
podcaster sendo host do PauperView e cohost do RakdosCast.
Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 23/07/2020 18:59

opa! então, realmente acho que esses terrenos favorecem decks midrange e isso me preocupa...vamos torcer para que o formato se estabilize de forma saudável. valeu

(Quote)
- 23/07/2020 18:58

opa! realmente, foi uma boa adição, mas ainda quero mais! valeu

(Quote)
- 23/07/2020 18:58

opa! competitivamente também acho pouco provável, mas já tivemos muitas surpresas no passado, então não pode descartar né? valeu

(Quote)
- 23/07/2020 18:57

opa! isso é verdade! são terrenos muito úteis para o formato. valeu

(Quote)
- 21/07/2020 20:28
mal chegaram as lands e o pessoal já ta forçando 4 colors good stuff
mto triste
Últimos artigos de Heli Mateus
Hora do Pauper: Top 10 cartas de Renascer de Zendikar
Renascer de Zendikar figura como uma das melhores edições recentes para o Pauper.
5.703 views
Hora do Pauper: Top 10 cartas de Renascer de Zendikar
Renascer de Zendikar figura como uma das melhores edições recentes para o Pauper.
5.703 views
Há 4 dias — Por Heli Mateus
Hora do Pauper: Precisamos conversar sobre o TRON
Um dos pilares do formato continua subindo. Será que o Tron é imbatível?
6.369 views
Hora do Pauper: Precisamos conversar sobre o TRON
Um dos pilares do formato continua subindo. Será que o Tron é imbatível?
6.369 views
Há 18 dias — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – UB Delver
O UB Delver volta a figurar no metagame, se adaptando para ser mais midrange.
6.587 views
Hora do Pauper – UB Delver
O UB Delver volta a figurar no metagame, se adaptando para ser mais midrange.
6.587 views
19/08/2020 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper: Destaques de Double Masters ou seria Pauper Masters?!
Enfim temos uma coleção Master que pode trazer um grande impacto ao metagame do formato.
9.498 views
Hora do Pauper: Destaques de Double Masters ou seria Pauper Masters?!
Enfim temos uma coleção Master que pode trazer um grande impacto ao metagame do formato.
9.498 views
07/08/2020 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – Destaques de M21 para o Pauper
M21 pode adicionar algo ao Pauper? Sim! E eu ainda acho que é só o começo...
7.039 views
Hora do Pauper – Destaques de M21 para o Pauper
M21 pode adicionar algo ao Pauper? Sim! E eu ainda acho que é só o começo...
7.039 views
01/07/2020 10:05 — Por Heli Mateus