Load or Cast
Hora do Pauper - Mono Black Control
O deck mais querido dos brasileiros volta a fazer resultado e se posicionar bem no atual metagame.
04/06/2020 10:05 - 7.422 visualizações - 6 comentários
Load or Cast

E aí galera, tudo bem? Aqui quem vos escreve é o Heli e hoje venho trazer mais um decktech, desta vez o deck escolhido foi o Monoblack Control. Ele é um dos decks mais antigos do formato e sempre teve uma presença massiva nos torneios aqui no Brasil, não tendo a mesma representação nos outros países. Talvez o fator preço seja um dos motivos dessa paixão do brasileiro pelo deck, além de ter sido por muito tempo o maior rival dos decks azuis. Apesar de ser classificado como um deck control, possui inúmeras características de um deck midrange, principalmente por ter um número expressivo de criaturas (algo entre 16 e 20), inclusive é possível variar entre os arquétipos pós sideboard. Possui uma forma de jogo bem linear, onde procuramos extrair uma vantagem de cartas ganhando tempo, controlando o campo com remoções e/ou a mão do oponente com descartes, já que o deck desenvolve melhor do mid para o late game. Tivemos adições interessantes ao deck, aumentando sua competitividade e dando opções versáteis à um deck monocolorido.


As listas que vemos atualmente acabam mudando pouco, sem que a base do deck seja alterada, entretanto é possível ter boas respostas quando você consegue prever o metagame. Apresento duas listas do MTGO hoje, sendo a primeira do brandon__logan que ficou em quarto lugar no Challenge do dia 10/05/2020 e a segunda vem da Itália com Pompelmus que ficou em terceiro lugar no Italian Pauper Open #2. Vamos a elas:


MBC by brandon__logan
4957 visualizações
31/05/2020
R$ 75,04
R$ 209,03
R$ 1.421,92
4957 visualizações
31/05/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (18)
3  Cuombajj Witches  1,99
4  Raivoso Phyrexiano  0,01
4  Ratos Chiadores   2,16
2  Thorn of the Black Rose  4,68
4  Mercador Cinzento de Asfódelos   0,44
1  Shinobi do Bando de Okiba   1,90
Mágicas (19)
2  Desenterrar 0,68
2  Desfigurar 0,22
4  Macular 0,75
2  Édito de Chainer  9,77
4  Assinar com Sangue  0,15
3  Veredito de Geth  1,95
2  Gavinhas da Corrupção  0,24
Terrenos (23)
1  Casebre da Bruxa0,11
4  Charneca Estéril0,15
18  Pântano0,00
60 cards total

Sideboard (15)
4  Coagir 0,03
1  Magibomba Niilista 0,50
2  Retorcer a Mente  0,07
3  Areias Asfixiantes   2,55
2  Espectro de Liliana   0,25
2  Ratos da Cripta  0,90
1  Thorn of the Black Rose  4,68


MBC by Pompelmus
4972 visualizações
31/05/2020
R$ 202,44
R$ 402,29
R$ 1.695,46
4972 visualizações
31/05/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (19)
3  Cuombajj Witches  1,99
4  Raivoso Phyrexiano  0,01
4  Ratos Chiadores   2,16
3  Thorn of the Black Rose  4,68
4  Mercador Cinzento de Asfódelos   0,44
1  Shinobi do Bando de Okiba   1,90
Mágicas (17)
2  Coagir 0,03
4  Macular 0,75
3  Édito de Chainer  9,77
4  Assinar com Sangue  0,15
2  Degeneração Reverberante  2,50
2  Veredito de Geth  1,95
Encantamentos (1)
1  Oubliette   75,00
Terrenos (23)
1  Casebre da Bruxa0,11
1  Charneca Estéril0,15
19  Pântano0,00
2  Pântano de Bojuka7,23
60 cards total

Sideboard (15)
2  Alienar 0,14
2  Coagir 0,03
3  Relíquia de Progenitus 9,99
2  Espectro de Liliana   0,25
2  Ratos da Cripta  0,90
2  Violando os Túmulos  1,50
1  Justiça do Evincar   0,99
1  Shinobi do Bando de Okiba   1,90


Base de mana


Sendo um deck monocolorido fica fácil montar a base de mana, sendo composta majoritariamente por pântanos básicos, entretanto os terrenos não-básicos são importantes dentro da estrutura do deck. A mais recente adição do Casebre da Bruxa ajudou o deck a ter mais fôlego no late game, podendo recuperar criaturas importantes dentro da estratégia do deck, além de ter o subtipo pântano. Sendo um deck com uma contagem de terrenos alta pro formato, a Charneca Esteril te ajuda a trocar terrenos desnecessários por draw e o Pantano de Bojuka é essencial em partidas contra decks que abusem do cemitério, o que contempla uma boa parte do metagame atual. Sobre a quantidade, acredito ser um deck que precisa estar apto a descer seus terrenos até o quinto turno, que é onde o deck começa a ter oportunidade controlar a partida, se habilitando a fazer duas mágicas por turno, então 22 terrenos (sendo 18 básicos) acredito ser o mínimo necessário.


Criaturas


Algumas criaturas são básicas de todas as listas como: Raivoso Phyrexiano, Ratos Chiadores, Mercador Cinzento de Asfodelos e Thorn of the Black Rose. Fazem parte do pacote de geração de recursos e devoção, proporcionando o necessário para que o deck funcione bem. Cuombajj Witches é uma das criaturas que eventualmente sai, mas com a frequência dos decks azuis com fadas, ela ainda é essencial. Shinobi do Bando de Okiba ainda é muito presente, como forma de atacar a mão do seu oponente e ainda tirar benefício do ETB da maioria das outras criaturas do deck. Mesmo sendo individualmente fracas em combate, a maioria das listas ainda depende delas para causar dano ao oponente, além de serem essenciais para aumentar a devoção ao preto, melhorando a efetividade do Mercador.


Remoções


Uma das partes mais importantes do deck, sendo provavelmente sua melhor qualidade. A recente adição de Macular, vindo de Modern Horizons, deixou o deck bem mais forte no início do jogo, tendo uma remoção de baixo custo bem eficiente. Desfigurar ainda pode aparecer, mas sacrifícios como Edito de Chainer ou Veredito de Geth acabam sendo mais interessantes, pois são poucos os cenários em que seu oponente faça muitas criaturas no mesmo turno. Gavinhas da Corrupcao também se mostra uma remoção viável já que ainda temos uma grande variedade de decks agressivos no metagame, além de normalmente termos uma contagem alta de pântanos em campo. Sendo a carta física mais cara do formato (bem mais acessível no MTGO), Oubliette pode ser útil por ser uma remoção que também aumenta sua devoção, porém permite o retorno da criatura do oponente, considerando que temos um número alto de hates de encantamentos no metagame. A maioria dos decks usam o playset das criaturas relevantes para seu plano de jogo, por isso Degeneracao Reverberante tem se mostrado espetacular, conseguindo lidar com múltiplas cópias da mesma ameaça, em velocidade instantânea.


Outras mágicas


Uma das formas de atacar o plano de jogo do seu oponente é com descartes, nesse sentido Coagir se mostra útil já que temos visto um bom número de mágicas sendo relevantes no formato, além do fato que anulações serem formas de lidar com o plano de jogo do MBC. Assinar com Sangue te ajuda na busca pelas cartas que você precisa, além de poder finalizar a partida em certas situações. Considerando que o deck tem poucas criaturas, voltar algumas delas com Desenterrar pode te ajudar no plano de jogo da devoção ou extrair vantagem do ETB.


Outras opções para o main deck:


Alienar: descartes são bons, mas ter opção de retirar apenas criaturas em um deck que já possui muitas remoções precisa ser pensado. É uma carta que você precisa extrair seu valor quando usa, sendo um retrocesso muito grande quando falha.


Pescador Grumag: é claro que o peixão é uma boa opção, porém temos tido tantas remoções que lidam com ele, que fica complicado traçar um plano de jogo tendo ele como protagonista.


Ratos da Cripta: é uma criatura que eu pensaria com carinho, por poder lidar com múltiplas ameaças e ainda poder voltar ao campo com Desenterrar.


Pestilencia: excelente forma de controlar o jogo, mas seu perfil suicida precisa de um plano para te levar a vitória.


- SIDEBOARD


Descartes: em partidas contra decks de controle é fundamental atacar a fonte de recursos do seu oponente. Mais cópias de Coagir são úteis, bem como Retorcer a Mente pode te ganhar o tempo necessário para que seu plano de jogo funcione. Mesmo sendo criaturas, o Espectro de Liliana e o Shinobi do Bando de Okiba  ajudam nessa disrupção, adicionando uma ameaça em campo também. Alienar é útil, sabendo que a maioria do metagame consiste em decks com criaturas importantes para seus respectivos planos de jogo.


Remoções: mesmo tendo um maindeck com várias opções, por vezes precisamos melhorar nossas opções, podendo remover mais criaturas com uma mesma carta com Ratos da Cripta e Justica do Evincar ou precisamos de algo que exile como Crueldade de Ob Nixilis (muito boa contra Pescador Grumag) e Inexistir (ambas são interessantes contra decks que conseguem voltar suas criaturas do cemitério). No geral precisamos ter cartas como essas no sideboard, pois são úteis contra decks muito agressivos como Stompy ou que povoam o campo como o Elfos.


Hates: apesar de agora termos disponível um hate contra encantamentos (Libação de Fárica), são poucos os cenários onde isso se faz necessário. Lidar com o cemitério se mostra necessário em um metagame onde os decks com Santuário Místico estão cada vez mais presentes, portanto Relíquia de Progenitus e/ou Magibomba Niilista ser tornam fundamentais. MBC é deck lento para definir jogos, então ele fornece tempo para que o oponente construa seu jogo, logo atacar a base de mana do seu oponente com Areias Asfixiantes pode ser uma forma de tomar a frente da partida; decks como Tron e Boros Monarca podem sofrer quando isso acontece.

 

Outras mágicas: mais cópias de Thorn of the Black Rose são úteis para te ajudar em partidas de valor. Nesse sentido, Violando os Túmulos pode ser uma chave, visando extrair mais recursos das suas criaturas com ETB.

 

Vamos ver algumas ideias para lidar com o atual metagame:


Big mana: Jogar contra decks com essa estrutura de jogo não é nada fácil para o MBC, já que ele não tem recursos para acelerar o jogo e tentar vencer antes que o oponente tome controle do jogo. Descarte é uma boa opção, aliado ao plano de devoção do Mercador pode ser uma forma de alcançar a vitória. Normalmente esses decks usam muito o cemitério, então manter poucas opções lá pode te ajudar a gerar condições para vencer.


Midrange: Sendo um deck que procurar gerar recursos controlando o campo, ter paciência é uma das maiores ferramentas que você usar aqui. Sabe extrair o máximo da habilidade de Monarca, atrasando seu uso e punindo a ganância dos oponentes, removendo suas principais ameaças é um dos principais caminhos para vencer. No pós side, optar por cartas que possam te proporcionar um dois para um como Violando os Túmulos.


Aggros e aggro / combo: você tem um deck que tem potencial para controlar o campo, removendo mais criaturas que seus pontos de vida podem suportar. Porém, não subestime decks como Affinity e Stompy que possuem uma contagem alta de criaturas que facilmente punem aberturas de jogo baseadas em bloqueio. No pós side procure cartas que lide com as criaturas chave e possa lidar com mais do que uma criatura por vez.


O MBC voltou a figurar entre os decks mais jogados, o que aumentou a discussão sobre suas listas e opções, mas ele ainda sofre por sua linearidade. Ele possui um estilo de jogo sedimentado e dificilmente consegue fugir do seu plano de jogo, sendo sua previsibilidade uma das suas maiores falhas. Entretanto, essa consistência traz uma segurança ao jogador que pode treinar e adaptar a lista a seu estilo de jogo, fazendo com que o deck possa ser forte o suficiente para navegar em um metagame tão diverso e recursivo como temos atualmente.


Galera, vou ficando por aqui e espero que tenham gostado da análise. Um abraço a todos e até mais!

Heli Mateus ( helimateus)
Heli Mateus conheceu o Magic em 1998, mas começou a jogar em 2015 quando conheceu o
formato Pauper. Hoje é entusiasta do formato e produtor de conteúdo, principalmente como
podcaster sendo host do PauperView e cohost do RakdosCast.
Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 06/06/2020 16:07

opa! valeu por ter comentar, acabei não citando isso. realmente ajuda bastante, mas acho essa opção mais importante contra Affinity. Vc tem um chance pequena de acertar os terrenos artefatos do Boros, mas tirar o Palace Sentinels é realmente bem bom. valeu

(Quote)
- 06/06/2020 16:06

opa, blz? realmente é um carta interessante. vi alguns teste com ela e achei que fosse vingar mas acabou saindo. cabe mto bem no lugar de uma remoção como Desfigurar ou um Édito. valeu

(Quote)
- 06/06/2020 16:04

opa! é verdade..ele tem um estilo de jogo linear e de fácil compressão. realmente no mol é barato, inclusive ele está na lista dos mais em conta que apresentei no meu artigo. valeu

(Quote)
- 04/06/2020 13:17
Vc esqueceu q alienar tb tira terrenos artefatos, numa das piores matches dele os boro monarca da vida vc consegue tirar o monarca do cara sem dar trigger e arrancar um terreno da mao dele na sorte ja q varias listas rodam 4 do branco e 4 do vermelho
(Quote)
- 04/06/2020 12:58
Olha, eu tenho usado 1 cópia de proteção de mogis e é bem interessante. Bom contra ur fadas que está em alta e ao mesmo tempo pode bufar uma criatura sua pra finalizar o jogo mais rápido. Sem falar que pode ser jogada do cemitério.
Últimos artigos de Heli Mateus
Hora do Pauper – Destaques de M21 para o Pauper
M21 pode adicionar algo ao Pauper? Sim! E eu ainda acho que é só o começo...
6.238 views
Hora do Pauper – Destaques de M21 para o Pauper
M21 pode adicionar algo ao Pauper? Sim! E eu ainda acho que é só o começo...
6.238 views
Há 8 dias — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – Simic Barreiras
É possível vencer um jogo com Barreiras? Veja como esse deck combo funciona.
6.343 views
Hora do Pauper – Simic Barreiras
É possível vencer um jogo com Barreiras? Veja como esse deck combo funciona.
6.343 views
Há 22 dias — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – Cycling Storm
O combo de Cycling volta ao Pauper com as novas adições de Ikoria.
6.667 views
Hora do Pauper – Cycling Storm
O combo de Cycling volta ao Pauper com as novas adições de Ikoria.
6.667 views
20/05/2020 10:05 — Por Heli Mateus
A Hora do Pauper – Destaques de Ikoria para o Pauper
Vejamos o que Ikoria trouxe de certezas e possibilidades para o formato.
6.103 views
A Hora do Pauper – Destaques de Ikoria para o Pauper
Vejamos o que Ikoria trouxe de certezas e possibilidades para o formato.
6.103 views
06/05/2020 10:05 — Por Heli Mateus
A Hora do Pauper - 8 listas Pauper para o MTGO
Trago oito listas Pauper para você se aventurar no MTGO sem gastar muito
11.051 views
A Hora do Pauper - 8 listas Pauper para o MTGO
Trago oito listas Pauper para você se aventurar no MTGO sem gastar muito
11.051 views
15/04/2020 18:05 — Por Heli Mateus