Load or Cast
Depois do Era Uma Vez...
De olho no que levou o martelo, em quem escapou, e o que acontece depois do Era Uma Vez!
16/03/2020 10:05 - 6.013 visualizações - 10 comentários
Load or Cast

Olá! Na última semana, tivemos o anúncio de Banidas e Restritas por parte da Wizards, com um esperado "Sem Mudanças" para um extremamente saudável Standard e um talvez não tão esperado mas compreensível "Sem Mudanças" no Pioneer. Tudo vai vem, até chegarmos ao formato que mais gera "pano pra manga" e que será o tema do artigo de hoje, o Modern com o banimento de Era Uma Vez.


Durante as lives nos últimos dias, a recorrente pergunta era "Sandoiche, o que você acha que vai acontecer nesse anúncio? O que vai ser banido/desbanido, e em quais formatos?". E a resposta era que existia, ao meu ver, um grupo de cartas que poderiam ser banidas no Modern e seriam totalmente justificáveis: Tita Primordial, Amuleto de Vigor, Veu do Verao, Urza, Grao-lorde Artifice, Astrolabio de Arcum, Campo dos Mortos, Pacto do Invocador, Castelo de Pontegaren e Era Uma Vez todos possuem culpa no cartório, e dependeriam da forma como a Wizards encararia os bans.


Ficou bem claro que Amulet Titan com Valakut, o Pinaculo Derretido e Driade do Bosque Ilisiano estava um pouco forte demais, combinando velocidade, consistência e resiliência de forma que rapidamente dominou o metagame, chegando bem próximo de ser Tier 0 (quando é um erro não jogar com um determinado baralho em um formato, vide Caw Blade, Hogaak Vine ou Ravager Affinity). As chances de algo desse deck levar o martelo eram tidas como certas por grande parcela da comunidade, eu mesmo incluso.


Quem, então, pagaria pelos crimes do conjunto? A demora em agir para cima do Hogaak, Necropole Erguida (com o anterior e inútil ban em Ponte das Profundezas, que esteve por anos no formato e nunca foi sequer perto de preocupante), a relutância em banir Urza, Grao-lorde Artifice (a real raiz dos problemas dos baralhos interativos com sinergia de artefatos e combos como condição de vitória, onde optaram por Mox de Opala  para diminuir somente a velocidade com que executa o plano) e a demora para banir o Oko, Ladrao de Coroas (dispensa explicações) mostra que banir cartas novas que ainda estão circulando em boosters de coleção recentes não é exatamente o que a Wizards mais quer fazer.


Então Driade do Bosque Ilisiano provavelmente estava fora da jogada, e até certo ponto cards que são menos nocivos ao formato como um todo como Castelo de Pontegaren estariam, em tese, seguros. Era Uma Vez até se encaixa nessa categoria, mas seu nível de poder é totalmente além, tendo o selo "mágica grátis" embutido em uma ferramenta de consistência que faz Preordenar e Ponderar, também banidos, parecerem amadores perto dos profissionais.


Amuleto de Vigor e Tita Primordial, ao meu ver, entrariam como o tipo de banimento que eles menos gostam de fazer, extinguindo arquétipos por completo, deixando os jogadores com a sensação ruim de perderem todo o seu investimento (muitas vezes, o único deck que têm para jogar). Um deck chamado "Amulet Titan" não sobreviveria de jeito maneira sem alguma delas, da mesma forma que Titan Field e RG Valakut sofreriam golpes dos quais dificilmente conseguiriam se recuperar. Hora da Promessa simplesmente não faz o suficiente, e sem um alvo forte como o Tita Primordial o próprio Pacto do Invocador perde seu apelo como parte principal do plano, ficando somente pelo aspecto "caixa-de-ferramentas".


Mas então, no que Urza, Grao-lorde Artifice e Tita Primordial se diferenciam, se ambos possuem nível de poder alto e são o símbolo capaz de criar ramificações de arquétipos em cima deles? Possivelmente para o Titã o principal fator seja a velocidade, que antes somente as mãos mais absurdas do Amulet conseguiam fazer no turno 2 e as de RG Breach no turno 3, agora eram quase sempre possíveis e consistentes para RG Valakut/Titan Field via Herbivoro Arboreo, Castelo de Pontegaren e Era Uma Vez, cartas que entraram recentemente no Modern e já chegaram contribuindo para esse famigerado Titã turno 3.


Talvez o Titã seja mais parecido com Casulo de Nascimento, também banido, no sentido em que coloca uma pressão absurdo no desenvolvimento de novos cards, já que qualquer inocente terreno que passe desapercebido pode potencializar ainda mais o gigante 6/6 atropelador, como fez Campo dos Mortos  em M20. O que pesa contra seu eventual banimento é o fato de ser uma peça icônica do formato, um "garoto propaganda" dos arquétipos Big Mana para quem está chegando no Modern, da mesma forma que Tarmogoyf e Liliana do Veu representam os BGx Midrange e Mago da Conjuracao-relampago e Comando Criptico são o sustentáculo dos Ux Control.


Só que isso não impediu outros cards que "sempre estiveram por ali", como Pilhagem Infiel, Mox de Opala e Gemea Estilhacadora fossem banidos quando representaram uma ameaça à saúde do Modern, e seria inocência demais acreditar que só por esse fator o Tita Primordial estará seguro nos próximos anúncios.


Astrolabio de Arcum e Veu do Verao são outros cards que podem ter escapado por hora, mas assim como Era Uma Vez, eles fazem muito por quase nada de investimento em termos de custo de mana ou restrições de deckbuilding, sendo o artefatinho o card que chegou a estragar o Pauper e anda causando bastante estrago também no Legacy por permitir decks de 3-4 cores com bases de mana fortes repletas de básicos que contornam hates que normalmente puniriam decks coloridos e gananciosos, e a instantânea verde a punição máxima para qualquer oponente que esteja tentando jogar um Magic justo e interativo, aplicando aquele "honesto" Comando Criptico de uma mana.


Saindo um pouco dos que seguem ali sob o olhar implacável do vigia e entrando nos que foram punidos na prática: o resultado foi Era Uma Vez banido, movimento bem razoável por parte da Wizards. Quando vemos decks como Eldrazi Tron, totalmente incolores, jogando com somente uma Floresta básica e 4 Era Uma Vez pelo potencial da mão inicial, as coisas certamente estão desandando. O ponto é que a carta não era essencial para nenhum dos baralhos que utilizavam-se dela para jogar, embora certamente todos que a utilizavam foram enfraquecidos com o golpe.


Titan Field perde os seus "12 titãs", e talvez seus pilotos acabem migrando para listas mais focadas em Valakut, o Pinaculo Derretido e Montanhas ou Amuleto de Vigor. Neobrand segue combando no turno 1 quando o universo conspirar em seu favor, assim como Infect ocasionalmente mata no turno 2. As coisas voltam a normalidade para decks como Eldrazi Tron, enquanto que Mono Green Tron, 4C Traverse Shadow, Devoted Combo e RG Ponza perdem um pouco de consistência e velocidade para os turnos iniciais, além de focarem menos em criaturas e mais em seus planos "convencionais" (vide Tron voltando para mais Planeswalkers, com até mesmo Karn, o Grande Criador e RG Ponza com Lua Sangrenta ao invés de Magus da Lua).

 

Infect Pós Era Uma Vez
4113 visualizações
11/03/2020
R$ 1.990,93
R$ 2.958,75
R$ 4.924,41
4113 visualizações
11/03/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (15)
1  Arvoredo Dríade29,99
4  Elfo Brilhante 2,66
4  Hierarca Nobre 109,90
4  Agente Deteriorado  1,99
2  Mago da Conjuração-relâmpago  149,99
Mágicas (26)
4  Avultar 0,99
4  Bravura da Antiga Krosa 0,53
4  Crescimento Mutagênico 3,90
4  Defesa Florescente 0,69
2  Golpe Distorcedor 0,63
1  Perfurar Mágica 0,35
3  Trepadeira de Matavasta 2,56
2  Disputa Mística  4,68
2  Tornar Imenso  0,30
Encantamentos (2)
2  Rancor 4,00
Terrenos (17)
2  Bosque Encharcado36,34
1  Catacumbas Verdejantes164,90
2  Charco da Procriação64,32
2  Contraforte Arborizado63,48
2  Floresta0,00
1  Floresta Tropical Nebulosa210,00
4  Nexo de Mosco-tintas38,14
2  Pendelhaven6,38
1  Urzal Ventoso44,55
60 cards total

Sideboard (15)
2  Jaula do Escavador de Túmulos 7,99
2  Tempestade Atordoante 9,00
4  Véu do Verão 24,90
2  Desprezador de Mágica 20,00
1  Corruptor Viridiano   0,48
2  Desmembrar   4,00
2  Força do Vigor   27,98

 

Já o Amulet Titan merece um parágrafo à parte. Sua nova configuração de Driade do Bosque Ilisiano e Valakut, o Pinaculo Derretido foi o provável estopim para o anúncio nessa data, já que dentre os decks afetados, é um dos que nunca existiu sem Era Uma Vez, e é possível que não "rode" da mesma maneira sem o poderoso efeito de seleção para as criaturas que formam o combo. Afinal, Agitacoes do Passado somente busca o Amuleto de Vigor e os terrenos, sendo a única chance de achar um Titã via Tolaria Ocidental mas a uma eficiência completamente inferior.

 

Amulet Titan Driade Pós Era Uma Vez
4076 visualizações
11/03/2020
R$ 2.254,91
R$ 3.235,70
R$ 6.093,09
4076 visualizações
11/03/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (15)
4  Batedora da Tribo Sakura 4,00
3  Azusa, Perdida mas Procurando  37,17
4  Dríade do Bosque Ilisiano  27,99
4  Titã Primordial   29,00
Mágicas (10)
4  Pacto do Invocador 46,79
3  Agitações do Passado 5,90
3  Explorar  0,20
Artefatos (5)
4  Amuleto de Vigor 64,90
1  Explosivos Fabricados 42,08
Terrenos (30)
4  Câmara de Crescimento Simic0,47
1  Campo dos Mortos22,90
4  Castelo de Pontegaren4,90
1  Caverna das Almas214,99
2  Charco da Procriação64,32
1  Fazenda de Podridão Golgari0,24
2  Floresta0,00
1  Floresta Tropical Nebulosa210,00
2  Floresta da Neve1,50
1  Fonte Radiante0,10
1  Fortaleza dos Matadores4,50
1  Gleba Gruul0,30
1  Guarnição Boros0,30
1  Morada do Sol, Fortaleza da Legião1,89
1  Pântano de Bojuka7,73
1  Quarteirão Fantasma1,89
1  Santuário Selesnya0,10
2  Tolária Ocidental19,20
1  Valakut, o Pináculo Derretido50,00
1  Vesuva69,90
60 cards total

Sideboard (15)
1  Campo dos Mortos22,90
1  Caverna das Almas214,99
1  Pacto de Negação 59,90
1  Explosivos Fabricados 42,08
2  Jaula do Escavador de Túmulos 7,99
2  Desmembrar   4,00
3  Fera Interior  3,59
1  Sábio da Reivindicação  0,36
1  Uro, Titã da Ira da Natureza   185,00
2  Força do Vigor   27,98

 

Esse foi o primeiro passo dado pelo entusiasta do arquétipo Francisco Pawluszek pós-ban para continuar no plano "ValaDríade", e o ponto de partida para os que permanecerem de Amulet Titan após o banimento. Agora, se o deck vai continuar próximo do Tier 0, e como o restante do metagame vai reagir são duas perguntas que todos os que seguirão no grind dos LATAMs, lojas locais e Magic Online para as próximas semanas vão ter de acompanhar meticulosamente para buscar as respostas corretas - a tendência é que sideboards pesados como Ashiok acabem dando uma "afrouxada", e que mais decks justos de interação apareçam com um ambiente menos focado no "goldfish" de curva que Era Uma Vez incentiva a jogar.

 

E quanto a vocês, leitores, o que acharão do ban? Quais cards acreditam que deveriam ter sido banidos juntos, ou até mesmo desbanidos? E como enxergam a reação do metagame? Deixem suas opiniões nos comentários!


Abraços e até a próxima!

Cards Store - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Epic Game - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Cards of Paradise - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Matheus Akio Yanagiura ( sandoiche_13)
Matheus Akio Yanagiura, mais conhecido como Sandoiche, começou a jogar em 2003, em Flagelo. Está sempre na vida do grind dos torneios, com destaque para o título do CLM 10 Modern, o maior realizado até então, e o Top 16 no Grand Prix São Paulo 2018. É um entusiasta do Magic competitivo e totalmente dedicado à produção de conteúdo referente ao jogo, publicando artigos periodicamente desde 2012, colaborando para o Blog da LigaMagic desde 2015 e atualmente produz vídeos em seu canal no YouTube Sandoiche's Grind e streama ao vivo regularmente na Twitch.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 19/03/2020 01:01

O modern sempre morre para alguém. A diferença é que a maioria não tem empatia, falam que é choro, mas só descobre que o modern morreu como formato no dia que seu deck é banido. E você ainda fica sem entender como o seu deck tomou ban no meio de tantas estratégias degeneradas em um formato "Cheque pastor".

(Quote)
- 16/03/2020 18:35
Dei um "search" na página, não apareceu Helióde nem Company. Que bad, nem li o artigo kkkk. Tô esperando alguém comentar sobre o deck.
(Quote)
- 16/03/2020 15:58
Pra mim o modern morreu depois do banimento da Mox Opal ao invés de bannir o Urza.
(Quote)
- 16/03/2020 14:36

Esse é meu ponto chave com o modern, alguns decks simplesmente somem do mapa e você perde dinheiro, alguns desses decks tomam ban sem nem ter culpa no cartório.

(Quote)
- 16/03/2020 13:51
Unica coisa q eu sei é q meu affinity virou calço de porta
Pra voltar a jogar modern eu tiro dinheiro de onde?do cu?
Nem me desfazer do deck eu consigo,niguem quer nem comprar essa bosta
Últimos artigos de Matheus Akio Yanagiura
Standard - As Tecnologias da Semana 1
M21 recém chegou ao Standard, e em seu artigo de hoje, Sandoiche analisa as tecnologias da Semana 1 de formato!
5.469 views
Standard - As Tecnologias da Semana 1
M21 recém chegou ao Standard, e em seu artigo de hoje, Sandoiche analisa as tecnologias da Semana 1 de formato!
5.469 views
Há 2 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Brilhante e Nova M21, Bom e Velho Simic
M21 chega com várias cartas brilhantes e novas, mas Sandoiche está interessado em como aplicá-las no bom e velho Simic - em seu artigo de hoje, uma análise de alguns cards..
4.760 views
Brilhante e Nova M21, Bom e Velho Simic
M21 chega com várias cartas brilhantes e novas, mas Sandoiche está interessado em como aplicá-las no bom e velho Simic - em seu artigo de hoje, uma análise de alguns cards..
4.760 views
Há 5 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Vinte Decks com Core Set 2021
Core Set 2021 está chegando, e mais uma vez Sandoiche traz 20 decklists Standard com a nova coleção, sendo dez decks Tier 1 atualizados e dez decks experimentais com os nov..
19.570 views
Vinte Decks com Core Set 2021
Core Set 2021 está chegando, e mais uma vez Sandoiche traz 20 decklists Standard com a nova coleção, sendo dez decks Tier 1 atualizados e dez decks experimentais com os nov..
19.570 views
Há 12 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
O nível seguinte do Standard pós-bans
Após a primeira semana de torneios depois dos bans, o metagame continuou em constante evolução - e no artigo de hoje, Sandoiche analisa alguns dos baralhos que representara..
8.374 views
O nível seguinte do Standard pós-bans
Após a primeira semana de torneios depois dos bans, o metagame continuou em constante evolução - e no artigo de hoje, Sandoiche analisa alguns dos baralhos que representara..
8.374 views
Há 19 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Standard Pós Banimentos
Agente da Traição, Fogos da Invenção, mudança na mecânica dos Companheiros. Como ficarão os desafios de montagem de deck envolvendo os mesmos? E quanto aos decks para c..
5.811 views
Standard Pós Banimentos
Agente da Traição, Fogos da Invenção, mudança na mecânica dos Companheiros. Como ficarão os desafios de montagem de deck envolvendo os mesmos? E quanto aos decks para c..
5.811 views
Há 26 dias — Por Matheus Akio Yanagiura