Reescrevendo a História
09/09/2019 18:05 - 8,565 visualizações - 15 comentários

Oi, Amores!

Com os novos anúncios de Eldraine e com as novidade do Arena, ganhamos um lembrete: nosso querido formato t2 está prestes a rotacionar e, com ele, saem as edições do bloco de Ixalan, Dominaria e M19. A Wizards anunciou há pouco tempo que as cartas continuarão a existir nas nossas coleções do Arena e serão válidas em um formato novo chamado Histórico. Como vai funcionar esse formato: a partir de novembro, ele começa a valer com essas edições que caíram mais as edições vigentes e, todos os trimestres, serão adicionadas cartas selecionadas de edições passadas que alimentarãoformato. Esse formato também terá jogos ranqueados melhores de 3 em dezembro, ou seja, ele pode te levar para um Mythic Championship do Arena. À princípio, isso será um teste que durará mais ou menos 1 mês e será junto do ranking construído (apesar de um deck histórico só poder ser pareado contra um deck histórico). Depois desse mês, eles irão avaliar se o ranking histórico será separado standard e se deve ficar no Arena permanentemente. A primeira ideia deles é que a rankeada fique disponível sempre no último mês de lançamento de um set (o mês que antecede o lançamento de uma próxima coleção). A partir de novembro, provavelmente também veremos pelo menos 1 evento histórico por mês no Arena, podendo ser singleton, pauper ou algum formato 100% novo.


A próxima novidade é o que me fez vir aqui fazer esse artigo: a partir de uma atualização que ocorrerá em novembro, craftar uma carta histórica passará a custar 2 coringas para cada carta. Essa decisão foi amplamente criticada e não sabemos se ela vai ser retirada, porém, no momento, essa é a decisão que vale. Decidi vir aqui então e listar as cartas raras e míticas que atualmente estão no standard que parecem ter mais potencial para o formato novo. Assim, caso nada mude, vocês tem uma listinha guia e um tempinho até novembro para decidir onde investir seus coringas mais difíceis de conseguir. Resolvi focar justamente nas raras e míticas porque: 1- só nessas duas, a lista já ficou enorme, 2- normalmente coringas incomuns e comuns temos com bastante abundância, então não fica tão sofrido craftar essas cartas.


Bora pra lista?

 

  • 1- Teferi, Hero of Dominaria


O que falar desse rapaz que ditou o formato nos últimos 2 anos. Teferi é um planeswalker fortíssimo que aparece constantemente no Modern. Acredito que ele vai continuar em muitas listas de controle nesse novo formato.

 

  • 2- Scapeshift 


Quem não gosta de um bom combo? O scapeshift t2 ficou famoso pelo power level rapidinho com Field of the Dead. Não acho que precisa sair nenhuma carta diferente para que ele jogue, mas já pensou se aparece outro terreno de combo no histórico? Se surgir qualquer coisa parecida com Valakut nesse novo formato, teremos várias versões diferentes de scapeshift. Vale a pena juntas algumas cópias dessa carta para a posterioridade.

 

  • 3- Checklands e Shocklands


Já batemos nessa tecla aqui: a base de mana define qualquer formato. E a base de mana do t2 atual é maravilhosa comparada aos últimos anos. Shocklands são o único item dessa lista que não cai agora e minha recomendação número 1 de craft. Elas já são e continuarão sendo importantíssimas no t2 e com certeza estarão presentes em todos os decks de mais de uma cor no histórico. As checklands são ótimas cartas para se ter também e, se não entrar nenhuma outra base de mana, o playset desses terrenos fará toda diferença no formato.

 

  • 4- Lyra Dawnbringer


O terror dos decks aggro, essa carta é velha conhecida dos controles e anda fazendo suas aparições no modern. A resistência 5 faz toda a diferença e faz essa carta ser extremamente difícil de se lidar. Lyra é uma peça chave no sideboard de muitos decks e com certeza vale ter algumas cópias dela guardadas para esse novo formato.

 

  • 5- Search for Azcanta 


 

Outra carta que marca presença no modern e é figurinha carimbada de vários decks t2. Do Nexus aos controles, a card selection da azcanta é incrível e com certeza merece ser considerada no formato novo.

 

  • 6- Nexus of Fate


A carta que causou tanto estrago, mas tanto estrago, que fez o pessoal da wizards descobrir que o arena precisava de uma banlist própria para o melhor de 1. Os decks de nexus definitivamente não podem ser subestimados e provavelmente alguma versão deles vai surgir para histórico.

 

  • 7- Rampaging Ferocidon


O baralho casa dele teve duas cartas banidas, incluindo ele, e só a notícia da volta dele já fez os jogadores de scapeshift lamentarem a morte do baralho. O power level do ferocidonte é enorme, ele sozinho segura combos de criaturas infinitas e para baralhos de lifegain. O hate perfeito para o seu red deck histórico.

 

  • 8- Mox Amber


Por mais que essa carta tenha visto pouco jogo no t2, não acredito que ela vai ficar longe do histórico. Espero baralhos com um power level bem alto para esse formato e acho que as permanentes lendárias serão bem mais frequentes, fazendo a mox jogar bem mais.

 

  • 9- Legion’s Landing 


A carta dos sonhos dos White weenie, legion’s landing cai rápido, pode se transformar bem cedinho e garante que os baralhos aggro com branco jamais ficarão sem bichos na mesa. Essa carta provavelmente vai achar uma casa nova nos baralhos históricos.

 

  • 10- Sorcerous Spyglass 


Com uma pool bem mais reduzida que o modern, um hate barato e incolor deve marcar presença em variados planos de side do formato. Essa carta resolve uma infinidade de cartas sem te prender nas cartas, vale a pena guardar algumas pré atualização.

 

  • 11- Alpine Moon/Blood Sun 


Se o scapeshift jogar, anotem, uma dessas duas cartas joga. Baralhos que combam com lands são tudo que essas duas cartas querem. Eu guardaria algumas para os planos de side dos meus decks históricos.
 

  • 12- Arch of Orazka


Card advantage nunca é ruim. Ter uma land dessas na coleção pode ajudar, visto que os baralhos que jogam com ela nunca utilizaram muitas cópias.

 

  • 13- Shalai, Voice of Plenty


Uma carta ¾ flying, que aumenta seus bichos e ainda dá hexproof pra você e pro resto da mesa inteira parece exatamente o nível de carta que veremos nesse novo formato. Com uma troca intensa de cartas de altíssimo potencial, algo que protege você e sua mesa parece maravilhoso.

 

  • 14- Karn, Scion of Urza 


Lembram do que falamos antes sobre a importância de card advantage e spells que não te prendem na cor e não são caras? Karn checa todas essas opções com maestria e me parece uma carta extremamente versátil para apostar.

 

  • 15- History of Benalia


Mais uma peça chave do White Weenie, essa carta + Benalish Marshal podem compor um aggro focado em cavaleiros muito bem. Benalia nunca foi uma carta fácil de remover, visto que remoções de encantamento não costumam ser muito comuns main deck, o que só melhora a carta.

 

  • 16- Dire Fleet Daredevil


É aquele ditado né amores, “quem não tem cão...”. Esse é o snapcaster que a gente tem. Daredevil é uma ótima estratégia para diversas matchups, pode castar uma spell do seu oponente e ainda é um ótimo blocker pela iniciativa.

 

  • 17- Settle the Wreckage


Eu tenho uma raiva dessa carta tão grande, mas tão grande, que eu sei que ela só pode ser boa. Cólera instant speed custo 4 que desintegra sua mesa em 2 segundos. Achei que estava livre dela, mas aparentemente ela volta pra me aterrorizar no histórico. Acho que essa carta vai jogar bastante nos controles da vida.

 

  • 18- Tocatli Honor Guard 


 

Estou esperando um power level bem mais alto que o t2 para o histórico e, com isso, acredito que criaturas com efeitos ao entrar no campo de baralha apareçam com bastante frequência. Tocatli pode ser uma ótima estratégia contra essas cartas e uma ótima aposta para baralhos com branco.

 

  • 19- Vraska’s Contempt


Sem dúvidas, uma ótima remoção que mercê atenção. A carta é versátil, resolve quase qualquer criatura e planewalker e é instant speed. O downside aqui é o custo de 2 pretas que diminui a versatilidade dela, mas isso nunca impediu essa carta de ver jogo, acredito que não seja agora que vai impedir.

 

  • 20- Carnage Tyran


Uma criatura hexproof, custo 6, com evasão e que não pode ser anulada? Nosso dino favorito parece um ótimo candidato a se manter relevante. Acho que ele vai ser bastante relevante no formato novo.
-
 

Essas foram as 20 cartas que eu mais vi potencial para craftar! Lembrando que estamos apenas especulando e, dependendo das cartas que entrarem em novembro, o formato pode ficar muito diferente do que estamos prevendo, mas se quiserem aproveitar pra pegar alguma coisa antes da conversão de coringas subir, acho que esse é um bom caminho para começar.


E vocês? Animados com o histórico? Pretendem montar o que? E que cartas vocês gostariam de ver em novembro? Me contem aqui embaixo nos comentários!


Por hoje, é só, pessoal! Volto no final do mês com o artigo de feedback completo do sistema de maestria, como prometido! Não esqueçam de me seguir no twitter e na twitch, onde eu faço streams segundas, quartas e sextas 22h.. E no instagram, no t pra acompanhar meu dia a dia e meus reports de torneio.


Um beijo e até a próxima,
Carol


Carolina Anet ( carolinaanet)
Jogadora competitiva desde 2015. Pode ser encontrada jogando com decks aggro em torneios, independente do formato. Ou falando sobre representatividade com outros jogadores.
Redes Sociais: Instagram, Twitter
LigaMagic App



Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

MarcosCoelho_ (20/09/2019 13:55)

Rapaz, legal e tal, porém basicamente eles querem um novo extended com uma pool selecionada de cartas Modern. Bacana a Wizards anunciar novas propostas, principalmente para o Arena, aproveitar cards do t2, mas seria melhor dar um suporte maior aos formatos eternos que já temos (o que não são poucos, pelo contrário).
Ótimo Artigo!

jonvianna (11/09/2019 20:15)

gostei da seleção

Zafarion (11/09/2019 01:38)

Achei curioso colocar a destemida da frota na lista mas não o goblin lança-correntes nem a fenix reavivante. Acho que jogaram muito mais.

Mestrao (10/09/2019 16:59)

Orelha, com certeza.

IgorMarques3 (10/09/2019 14:50)

Espero que com o tempo eles tragam Kaladesh e Amonkhet de volta ao Arena.

IgorMarques3 (10/09/2019 14:50)

Espero que com o tempo eles tragam Kaladesh e Amonkhet de volta ao Arena.

IgorMarques3 (10/09/2019 14:49)

Espero que com o tempo eles tragam Kaladesh e Amonkhet de volta ao Arena.

Walter_Makoto (10/09/2019 12:40)

O Orelha é o melhor colunista de longe,

Balinus (10/09/2019 12:01)

Gosto pacas da anet, mas o melhor colunista é o Orelha

Vicent_Vega (10/09/2019 08:20)

Interessante a lista, eu só aconselho a todo mundo segurar a onda no CRAFT, ainda. Será só em Novembro a decisão final, ainda não sabemos quais serão os 20 cards que entrarão no formato. WILD card é algo sagrado huahua

cid085 (09/09/2019 23:05)

Minha opinião craft as lands, Scapshift e Teferi cartas que jogam modern, as outas cartas não temos como avaliar pois WotC vai lançar cartas de formatos antigos que simplesmente vão definir formato se eles seguirem com o que estão dizendo.

Zafarion (09/09/2019 20:44)

Tô lascado não tenho quase nada destas e não vai dar pra craftar pelo menos 2 de cada.

matetz (09/09/2019 20:43)

é por isso que chama ESPECULAÇÃO. Você pode decidir levar isso em consideração ou não, mas não deixa de ser uma opinião válida pra quem tá em duvida se deve já garantir algumas cartas chave caso essa politica doida de 2:1 passe :)

Delbiano (09/09/2019 20:14)

Se tem melhor colunista na Liga, desconheço.

Voltage (09/09/2019 18:38)

A não ser que vc vá jogar com essas cartas com mais de 50% de certeza, não é racional craftar nada. Qualquer craft especulativo é irracionalidade, já que se vc gastar 16 coringas para craftar 4 playsets de cartas e só 1 desses sets jogar, vc está com um saldo negativo de 8 coringas. Acho que tirando as check/shock lands e talvez o teferi, todo o resto é pouco razoável se craftar e um desperdício de wildcard (melhor exemplo é o vraska's contempt e o cavaleiro heros downfall que acabou de sair...)