O Submundo do Modern - Niv-Mizzet Reborn
Um dragão renasce diretamente do submundo do Modern
15/05/2019 18:05 - 11.072 visualizações - 10 comentários

Fala, galera do Submundo! O fim de Nicol Bolas chegou e com isso uma enorme quantidade de eventos foram desencadeados nos outros formatos. No Modern algumas estratégias diferentes estão surgindo, algumas já se popularizaram e outras ainda estão na minha lista de análise. Hoje, o que trago pra vocês, é algo que me encantou assim que encontrei e nem de longe esperava ver ele, Niv-Mizzet Renascido, em algo competitivo no formato.

 

Eis o deck, pilotado pelo user cavedan numa liga Modern no Magic Online:

 

Niv-Mizzet Reborn
7421 visualizações
13/05/2019
R$ 1.663,54
R$ 2.568,10
R$ 5.375,48
7421 visualizações
13/05/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (8)
4  Aves do Paraíso 18,50
1  Coletor de Pecados   0,10
3  Niv-Mizzet Renascido     5,45
Planeswalkers (3)
2  Domri, Anarquista de Nicol Bolas   4,70
1  Kaya, Usurpadora Ozhov   16,07
Mágicas (25)
2  Inquisição de Kozilek 11,99
3  Missão do Pulcro-Protetor 0,10
2  Amuleto Izzet  0,60
1  Contraventania  1,60
1  Dissolução do Pensamento  0,98
4  Hélice de Raios  1,75
3  Troféu do Assassino  74,00
2  Comando de Kolaghan   74,75
1  Ego à Deriva   2,50
1  Veredito Supremo    54,99
1  Comando Primário   2,66
4  Trazer à Luz   1,00
Encantamentos (1)
1  Esfera de Detenção   5,00
Terrenos (23)
2  Charco Florescente35,93
1  Charco da Procriação48,99
3  Confluência de Mana79,90
1  Floresta0,00
1  Fonte Santificada30,00
1  Fundição Sagrada34,90
1  Pântano0,00
4  Pilar dos Paruns60,80
1  Planície0,00
1  Poço de Piche Rastejante14,44
1  Sacrário Ateísta31,80
1  Solo Pisoteado29,90
1  Tumba Abandonada29,75
4  Urzal Ventoso44,94
60 cards total

Sideboard (15)
1  Jaula do Escavador de Túmulos 6,95
1  Denegeração Abrupta  29,99
2  Descanse em Paz  13,90
2  Esfera Amortecedora 5,78
1  Lavínia, Renegada Azorius  1,47
1  Lianas Ardentes  5,88
1  Ashiok, Dissolvedor de Sonhos   6,90
1  Cavaleira do Outono   10,94
1  Esguicho de Fogo  0,74
1  Estatimago Izzet   0,39
1  Kambal, Cônsul da Alocação   4,00
1  Ruir em Pó  0,20
1  Rajada Fragmentadora    10,79

 

Niv-Mizzet Reborn pode ser uma carta um tanto complicada de se entender na primeira vez que é lida, mas resumindo, podemos pegar uma carta de cada guilda com ela entre as 10 cartas reveladas. Temos 10 guildas, então... A melhor maneira de tirarmos o maior proveito dessa carta é construir um deck com a maior variação possível de cartas de duas combinações de cores diferentes. Infelizmente ele não nos permite escolher cartas com 3 cores ou mais, então nem adianta tentar burlar ele com um Medalhao de Naya e um Medalhao de Jund ao mesmo tempo, por exemplo. Só duas cores e sempre diferente. Essa é a regra.

 

Sendo assim, se vamos trabalhar com pelo menos uma carta de cada combinação de cor, temos de ser ousados com a base de mana e escolher as cartas que melhor causam uma redundância na nossa estratégia, evitando que a aleatoriedade de se comprar algo ruim para determinada situação diminua bem. A base da estratégia escolhida por nosso amigo cavedan é mais para o lado controle, então a maioria das cartas é focada nisso e, como vocês podem perceber, a maioria delas já é encontrada em outros decks de controle e midranges presentes no formato.

 

Trofeu do Assassino, Izzet Charm, Comando de Kolaghan, Lightning Helix, Supreme Verdict e Detention Sphere são figurinhas carimbadas no Modern, todas contribuindo para a remoção ou algum recurso extra, como o caso do Charm e do Command. Só aqui já conseguimos cobrir 5 combinações de cores e todas elas com o mesmo intuito, ou seja, redundância.

 

Countersquall não é tão comum no formato, mas faz bem o que tem de ser feito ao impedir uma criatura de cair no campo de batalhe a ainda tirar um pouco da vida do oponente. Também nas cores UB temos Thought Erasure, um descarte que pode ser encontrado pelo Niv e faz companhia para as Inquisition, e Unmoored Ego, um tanto quanto estranho por estar presente na lista principal e não no sideboard, mas compreensível, visto que uma enorme quantidade de decks nesse formato tem sempre uma carta avassaladora para ser retirada. Tome nossa própria lista como exemplo, se o nosso oponente usasse um e tirasse nossos Niv, nossa estratégia morreria na hora.

 

Safewright Quest ocupa o espaço GW das combinações e por mais estranho e aleatório que pareça, procurar por qualquer Floresta ou Planície mesmo sem ser com uma Fetchland pode ajudar muito em uma lista onde cada cor é tão importante quanto qualquer outra. Domri ocupando o espaço RG pode parecer fora de contexto pelas suas habilidades, porém devemos levar em consideração que ele não deixa nosso Niv ser anulado e ainda usa o próprio dragão como uma ótima remoção se for necessário. Não sou confiante com duas cópias desse walker aqui, mas uma não me parece fazer mal algum, além disso, caindo no segundo turno graças a uma Birds of Paradise, sua mana serve de aceleração para QUALQUER mágica.

 

Kaya, Usurpadora Ozhov na combinação BW é bem mais interessante, já que exilar cartas do cemitério é algo muito forte no formato, ganhando vida ainda no processo. Além disso, há a possibilidade de exilar permanentes no campo de batalha e o Modern é repleto de permanentes de custo 1 e até mesmo 0 na forma de artefatos e algumas criaturas com X no custo. Por sua vez, a última habilidade consegue causar um bom dano depois de um ou dois turnos com ela no campo de batalha, ainda mais com o auxílio de algumas outras cartas na lista que também exilam cartas do oponente.

 

Para fechar a combinação de cores, temos então Bring to Light, carta perfeita para essa lista por diversos motivos. Um deles, claro, é servir como a carta que representa a cor UG, sendo a cereja do bolo para comprarmos 10 cartas quando nosso dragão entrar no campo de batalha. A outra é que, graças a possibilidade "fácil" de conseguirmos 5 manas de cores diferentes para conjurar ela, qualquer carta de nossa lista que não seja Domri, Kaya ou Detention Sphere pode ser encontrada assim que necessário. Isso eleva nossa consistência e nos faz depender bem menos de uma ou outra aleatoriedade, ainda mais quando levamos em conta os númerosúnicos de algumas cartas que temos aqui, como Supreme Verdict, Primal Command e Unmoored Ego. São cartas bem específicas, que não vale a pena ter mais de uma cópia, mas no momento em que são úteis, são MUITO úteis.

 

A possibilidade de encontrarmos um Niv com ela também é muito útil, já que a carta já é conjurada então já garantimos uma grande coleta de recursos e, muito provavelmente, encontraremos outro Bring to Light no meio dessas 10 cartas para continuarmos com nossa chuva de vantagem de cartas nos turnos seguintes, além de dar uma criatura 6/6 para nosso oponente se preocupar.

 

Falando de um ponto de vista realístico, é praticamente impossível acertarmos 10 cartas com 10 combinações diferentes ao conjurar um Niv-Mizzet, porém nem que 3 ou 4 cartas sejam encontradas no meio dessas 10, já estaremos em vantagem com essa criatura. Como disse, um bicho 6/6 com voar não deve ser ignorado facilmente. Temos também maneiras de colocar ele em campo de batalha no turno 3 ou 4, o que acaba garantindo uma vantagem maior ainda com seu corpo e suas cartas extras.

 

Essa linha ainda é mais pensa para o controle, mas não duvido que surja uma estratégia agressiva com essa premissa. Já falei aqui inclusive sobre um Golden Aggro, faz tempo, mas a estratégia ainda existe. Só nessa lista que está no link podemos conferir criaturas nas combinações BR (Aristocrata Falkenrath), UW (Lyev Skyknight), GW (Knight of New Alara) e RG (Huntmaster of the Fells) sem nem tentarmos uma variação disso pelo fato de conseguirmos vantagem de alguma maneira. Se focarmos realmente em achar todas as combinações agressivas, podemos apelar para Figure of Destiny (RW), Protean Raider (UR), Sin Collector (BW), Grim Flayer (BG), Coiling Oracle (UG) e Nightveil Specter (UB). Claro que essa é uma lista que fiz pensando rapidamente, mas algumas combinações de cores repetidas podem estar presentes e outras podem nem ser necessárias.

 

A ideia é testar e ver qual pode ser a melhor aproximação para usarmos Niv-Mizzet Reborn. Nossa lista inicial, do companheiro cavedan, pode ser usada sem problemas algum para um FNM agora no "começo" do formato que você queira inovar e se divertir, mas as inovações com a quantidade de cartas de duas cores que temos parece ser realmente grande demais para já terem acertado a melhor lista ou, pior ainda, o deck ter chegado em seu limite de poder.

 

Se eu fosse vocês, não deixava de acompanhar essa estratégia, pois o potencial dela é grande. Trarei mais algumas para vocês que estão focadas em War of the Spark, então não deixem de acompanhar o Submundo do Modern também! Espero que tenham gostado e até o próximo texto!

Paulo Alessandro Sante ( Teddy_Bear_X)
..
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 16/05/2019 15:23

Isso é normal, sempre tenho que ler esses tipo de carta umas três vezes para confirmar o que faz!!!

Além que direto eu levo isso e outras cartas parecidas em alvos não validos e o oponente fala "nossa é mesmo, não pode, neh?"

Deck bem interessante, pega o oponente desprevenido!

(Quote)
- 16/05/2019 11:58

Se eu falar pra vocês que desde que essa carta foi lançada eu sempre tive na cabeça que era uma variação de Essence Scatter ao invés de Negate vocês acreditariam? Não foi feito às pressas, mas meu cérebro aparentemente ignorou o "non" até vocês apontarem isso hoje. Como nunca havia usado a carta e acho que nem enfrentado era, só agora meus olhos foram abertos hahaha

Bom, felizmente isso deixa ela melhor ainda, já que temos mais remoções do que anulações :P

(Quote)
- 16/05/2019 08:54

É uma lista 5-0 de uma liga competitiva do MOL, não é qualquer tosqueira que faz isso.

Lembrando que ninguém botava muita fé nas listas iniciais de 5C Humans, e hoje choram pra cada vez que printam um humano novo...

(Quote)
- 16/05/2019 08:54

Vc não está enganado não, amigo. Countersquall eh um negate+ shock. Acho q os artigos andam sendo feitos com muita pressa. Mesmo assim, este deck parece ter algum potencial, pq tem uma tech de card advantage absurda!

(Quote)
- 16/05/2019 03:15

Famosas Últimas Palavras

Últimos artigos de Paulo Alessandro Sante
O Submundo do Modern - Fecundity Goblins
Uma estratégia para saudosistas e entusiastas! Os goblins retornam ao submundo através de uma tempestade!
5.108 views
O Submundo do Modern - Fecundity Goblins
Uma estratégia para saudosistas e entusiastas! Os goblins retornam ao submundo através de uma tempestade!
5.108 views
Há 2 dias — Por Paulo Alessandro Sante
O Submundo do Modern - Kethis Combo
Do Standard para o Modern! Um novo combo lendário surge no formato!
9.909 views
O Submundo do Modern - Kethis Combo
Do Standard para o Modern! Um novo combo lendário surge no formato!
9.909 views
16/10/2019 10:05 — Por Paulo Alessandro Sante
O Submundo do Modern - Bant Ephemerate
Hora de revisitar uma estratégia antiga do Submundo do Modern, atualizada com grandes ferramentas presentes em Modern Horizons!
8.368 views
O Submundo do Modern - Bant Ephemerate
Hora de revisitar uma estratégia antiga do Submundo do Modern, atualizada com grandes ferramentas presentes em Modern Horizons!
8.368 views
20/09/2019 10:05 — Por Paulo Alessandro Sante
O Submundo do Modern - Hunted Grixis
“É muito mais difícil matar um fantasma do que uma realidade.”
13.573 views
O Submundo do Modern - Hunted Grixis
“É muito mais difícil matar um fantasma do que uma realidade.”
13.573 views
28/08/2019 18:05 — Por Paulo Alessandro Sante
O Submundo do Modern: Elementais
Atenção! Os elementais também invadiram o Modern!
11.572 views
O Submundo do Modern: Elementais
Atenção! Os elementais também invadiram o Modern!
11.572 views
14/08/2019 18:05 — Por Paulo Alessandro Sante