Deck Modern da semana: Azorius Spirits
30/04/2019 18:05 - 8,217 visualizações - 5 comentários

Fala Galera! Bem vindos a mais um Deck Modern da Semana, o deck escolhido essa semana foi o: Azorius Spirits:
 

Azorius Spirits
6121 visualizações
30/04/2019
R$ 2.941,46
R$ 4.047,23
R$ 8.934,67
6121 visualizações
30/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (31)
4  Errante do Mausoléu 5,00
4  Espírito Altruísta  13,99
4  Fantasma Supremo  5,69
4  Sacode-correntes  2,45
4  Thalia, Guardiã de Thraben  41,00
3  Assistente de Detenções   13,15
3  Capitão Drogskol   3,50
1  Kira, Grande Vitro-Fiandeiro   47,90
4  Supressor de Mágicas   23,85
Mágicas (4)
4  Caminho para o Exílio 17,48
Artefatos (4)
4  Frasco do Éter 141,99
Terrenos (21)
2  Casarão Assombrado do Pântano0,92
1  Caverna Mutável29,00
1  Caverna das Almas261,25
2  Copas do Horizonte194,98
4  Costa do Mar de Cromo36,95
1  Floresta Tropical Nebulosa203,43
2  Fonte Santificada31,00
2  Ilha0,00
1  Planície0,00
1  Portão Místico49,90
4  Praia Inundada74,50
60 cards total

Sideboard (15)
4  Campeã dos Aurioques  54,99
3  Descanse em Paz  19,75
3  Esfera Amortecedora 5,84
2  Golpe Desdenhoso  0,05
2  Geist de Santo Traft   24,95
1  Kira, Grande Vitro-Fiandeiro   47,90

 

Esse deck ficou muito popular a pouco tempo atás no Modern por conta de uma movimentação do formato, onde o número de decks de controle subiu muito, tipo de deck que o spirits vai muito bem contra. Eu gosto bastante da idéia do deck pois ele não depende apenas de AEther Vial para jogar no turno do seu oponente, na falta do vial, praticamente todas as suas criaturas tem flash, e quando você tem acesso ao vial, você começa a jogar duas criaturas por turno em modo instant, atrapalhando todas as decisões do seu adversário.


Outro tipo de jogo que o spirits vai muito bem são contra os decks mais "justos" os famosos decks fair pois é muito fácil você transbordar a mesa de Lordes criando criaturas gigantes com voar e que não podem ser alvo de mágicas ou habilidades, ou com a ajuda do Selfless Spirit salvar todas as suas criaturas durante um combate ou seja quando o seu oponente não lhe colocar pressão o seu exército vai crescer tanto que ficara fora de controle.

 



O jogo contra o Deck to Beat do formato: Izzet Phoenix, também não é nada mal, ele irá contar com 4 Thing in the Ice para tentar te vencer praticamente e pra isso temos acesso a 4 Path to Exile e 3 Capitao Drogskol, isso levando em consideração que vai ser muito complicado para ele passar pelos seus voadores, apenas com 2 Fantasma Supremo as Arclight Phoenix já ficam bem mansinhas. Outra carta que ajuda bastante nesse jogo é a Thalia, Guardia de Thraben, caso ela não seja removida você irá colocar o seu oponente em uma situação bem complicada.

Outro ponto bastante positivo desse deck é o seu Sideboard, falarei carta por carta:

 



Rest in Peace: Eu pensaria duas vezes antes de colocar essa carta contra Izzet Phoenix, tome muito cuidado para não desconfigurar o bom plano de MainDeck que temos contra esse deck, já contra o que eu colocaria, o grande alvo é o Dredge, um dos melhores decks do formato e que sofre muito para essa carta, se você conseguir resolver um rest in peace com o backup de Spell Queller, é praticamente fim de jogo.


Auriok Champion: Burn, Grixis Ds, Dredge, Humanos, são apenas alguns exemplos onde essa clériga brilha muito, umas das melhores cartas para se tem um sideboard do Modern.

Disdainful Stroke: Excelente adição contra Valakut, Uw Control e Tron, funcionando quase como um "hard counter" nesses jogos, objetivando o que realmente importa de cada um desses decks.


Damping Sphere: Mais uma vez, não se confunda na hora de usar o sideboard, essa carta não está aqui por conta do Izzet Phoenix, os principais jogos onde essa carta irá fazer o seu estrago são Tron e Storm.


Geist of Saint Traft & Kira, Grande Vitro-Fiandeiro: Eu coloquei essas duas cartas juntas pois elas servem ao mesmo propósito, você vai subir as três muitas das vezes quando o seu Deputy of Detention for uma carta ruim no caso de o seu oponente estar com um deck com muitas remoções o BG The Rock por exemplo, ou se for um deck de controle com poucos alvos e também muitas remoções, o UW Control por exemplo. 

 

Avaliação do deck em yes, lembrando que as notas são de 1 a 5.

Consistência:yesyesyes
Facilidade:yesyesyes
Free Wins:yesyes
Diversão:yesyesyesyes
Resiliência:yesyes


Bem galera não compare esse com o Humanos, ele é um deck diferente, se você me perguntar qual o melhor deck de AEther Vial do formato? Eu irei te responder: Humanos. Mas esse é uma opção diferente um outro estilo de deck com uma outra abordagem, Modern é um formato muito amplo e com muitos metagames variados de local por local, nem sempre Humanos vai ser a resposta correta para essa pergunta, dependendo do seu metagame local o Azorius Spirits pode ser o que você estava procurando!

Vou ficando por aqui, deixo vocês com o vídeo de gameplay que eu gravei com esse deck.

Até semana que vem!


 

 

Cards Store - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Cards of Paradise - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Epic Game - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts

Juliano Gennari ( babones_mtgo)
Jogador competitivo desde 2010, já tendo participado sete vezes do Pro Tour, ainda está em busca do seu grande resultado.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
LigaMagic App



Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

babones_mtgo (02/05/2019 14:10)

Opa faz sentido sim, boa observação.

FetusinFetu (02/05/2019 10:18)

Legal o artigo, só acho que ficou faltando aprofundar um pouco na estratégia do deck! Eu joguei um pouco com este deck, mas eu usava menos selfless spirits, e colocava imagem fantasmal. Tb colocava geist main deck, pelo menos um. Gosto mais da versão bant. Ele as vezes é um pouco mais lento, mas tem curvas 3-4 muito fortes. O bant tem uma coisa que o uw não tem, que é a possibilidade de recuperar o field com collected company. Mas na mirror, o uw tem vantagem, pq interage com CoCo (thalia e errante e vc não interage com vial nos turnos iniciais). Sobre a gameplay, no g2, quando você pega com o queller a bbe, será que não valia a pena, ao invés de counterar a bbe, vc counterar a inquisição? Meu raciocício é o seguinte: naquele momento do jogo, inquisição é uma das piores mágicas dele, e pegando a bbe, o queller morrendo, a cascata ia rodar de novo, tendo mta chance de pegar algo melhor. Faz sentido?

ebormelo2 (01/05/2019 08:59)

Gostei da análise... aproveita e avalia o irmão dele, Bant Spirits, e faça uma comparação entre ambos

eight_one (30/04/2019 21:31)

Quando vão liberar pra passar deck pro arena????

VIP OURO jnfirst (30/04/2019 18:47)

Será que não fica muito pesado 04 Seachrome Coast? Ainda mais tendo 04 terrenos que nativamente só produzem brown mana.
Não consegui ver os jogos, só de noite. Mas estou curioso para ver como foram...
Possivelmente eu iria de 04 lords, muitos decks impondo força no early game.