Escamas, ativar!
23/04/2019 10:05 - 7,759 visualizações - 10 comentários

Modern é um formato de experiência, não é exatamente sobre metagame ou ataques ao field, mas sobre quanto tempo você está com o baralho e como vai adaptar essa “arma” ao formato. Nesse mundo, novos decks, que teriam a vantagem de serem novidade e pegarem os jogadores desprevenidos, tem a desvantagem de serem pouco masterizados e assim pouco adaptados ao ambiente.O Scales é um baralho relativamente recente no Modern, com menos de dois anos ele ainda é uma novidade e ainda tem um mar de possibilidades para sua adaptação, chegando até mesmo a coisa bizarras, como Rishkar e Nissa.


Meu primeiro contato com o Scales foi no CLM 12, onde por conta de uma brincadeira de um amigo eu usei o baralho no LCQ e depois na Grande Final, fechando um total de 10-4 em dois dias de torneios. Por mais que o Scales não seja o tipo de deck que mais gosto, que toma hates diretos e pode conceder para alguns deles, o baralho me agradou pelas vitórias “vindas de lugar nenhum” e seus mini-puzzels que o fazem incrivelmente divertido.


Na minha preparação para o GPSP eu lockei o Scales para pelo menos os MCQs, onde teriam mais jogadores que não conheciam a estratégia e essa é uma vantagem que você precisa explorar. Para o main event eu ainda estava em dúvida entre Fênix (aka melhor deck do formato), BG (uma escolha metacall) e o próprio Scales. Em termos de experiência, de longe o que eu conheço mais é o BG, eu jogo com essa estratégia no Modern desde que ela surgiu, então conhecia cada detalhe da lista, inclusive ajudando o amigo Duley a adaptar sua lista para o MCQ, o qual ele fez um belo top8. Fênix me parecia estar caindo de desempenho depois de Calgary, e quanto ao Scales, deck que o Sandoiche insistia que devia ser minha escolha, eu receava que o ambiente já tinha se adaptado à ele, usando Shatterstorm ao invés de Ancient Grudge e também o fator que o Scales tinha uma match muito “justa” versus Fênix.


Para o MCQ de sexta eu fui de Scales, no main event fui de BG (influenciado pelo top8 do Duley e pela grande quantidade de Fênix que enfrentei) e no sábado voltei ao Scales. Sendo realista, meus resultados seriam bem diferentes não fossem os pairings, no total enfrentei Fênix 7 vezes, fazendo 3-0 de BG e 2-2 de Scales, fui de longe a pessoa entre os meus conhecidos que mais enfrentou esse deck no fim de semana. Scales é um ótimo baralho contra o resto do ambiente e BG era ótimo versus Fênix, mas medíocre versus o resto, ainda sim, recomendo ambos os baralhos, tanto que hoje falarei mais sobre o Scales e no próximo texto
sobre o BG.
 

Scales Robot
Por Ruda
5199 visualizações
19/04/2019
R$ 2.709,02
R$ 3.908,72
R$ 8.118,07
5199 visualizações
19/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (20)
4  Operário Arconexo 0,08
4  Balista Ambulante  63,95
4  Caminhante Aeródromo  19,99
4  Devastador Arconexo 90,00
2  Mímico Metálico 13,13
2  Supervisor de Aço 6,90
Mágicas (4)
4  Agitações do Passado 8,28
Artefatos (12)
3  Jarro de Solda 2,95
4  Mox de Opala 300,00
3  Módulo de Animação 1,20
2  Trono de Geth 4,48
Encantamentos (4)
4  Escamas Endurecidas 11,50
Terrenos (20)
4  Cidadela de Aço Negro0,50
2  Copas do Horizonte175,48
6  Floresta0,00
1  Núcleo de Phyrexia0,09
4  Nexo de Mosco-tintas60,00
1  Pendelhaven5,60
2  Renascimento de Llanowar0,25
60 cards total

Sideboard (15)
2  Jaula do Escavador de Túmulos 7,30
3  Reivindicação da Natureza 0,15
4  Esfera Amortecedora 6,00
1  Salto Evolutivo  1,49
4  Desmembrar   7,19
1  Garra Krosana  3,90

 

O Scales é um midrange e bem diferente do Affinity, que é um aggro explosivo. De Scales você constrói vantagens a partir da sinergia das suas cartas, potencializadas pelo encantamento que dá nome ao deck, Hardened Scales, ou pela besta-artefato, Arcbound Ravager. Essas duas cartas são as principais para o deck rodar, mas também temos alguns outros protagonistas importantes:

 

Payoffs


     


Walking Ballista e Hangarback Walker são cartas que se aproveitam muito de receber marcadores, várias vezes você sacrifica tudo para o Arcbound Ravager e depois passa para essa cartas, Balista é a nossa metralhadora que finaliza jogos e Walker é o nosso anti-cólera. Importante lembrar que muitas vezes Hangarback precisa de uma engine de sacrifício para ser efetivo, seja porque precisamos das fichas, seja para fugir de um Path, então ele e Trono de Geth, por exemplo, é interessante.


Pump up the Jam


          


Além dos payoffs importantíssimos para o deck, temos as cartas que aumentam os poderes das nossas criaturas e acredite, são tão importantes quanto os payoffs. Normalmente são 6 slots para essas cartas e a divisão varia de acordo com o metagame, metas cheios de remoções são ruins para o Overseer, mas metas mais baseados em mesa são lindos para o robô 1/1 que cresce os amigos. Atualmente eu uso um split de 2-2-2, mas já joguei com 0-2-4, com todos os tronos e nenhum Oversser, como disse, esse slot varia muito com o que você está enfrentando.


Os cards de payoff e os de pump são cartas importantes para que vença tenha uma mão para jogo, outra carta que pode ajudar é o Modulo de Animacao , que não tem poder para carregar uma partida, mas que permite algumas jogadas interessantes (em breve citarei) que nos geram card advantage. Mãos com Ancient Stirrings tendem a ser boas também, dado que você está usando a melhor cantrip do formato.


Sideboard


Scales tem um side extremamente linear, visando manter sua estratégia básica. Raramente colocamos várias cartas na match e normalmente as cartas que saem são Steel Overseer e Mimico Metalico, isso porque pós side é comum nosso oponente ter mais remoções, o que torna essas cartas piores.


Dismember


Tem sido o MVP na match contra Fênix, já que o nosso foco é matar o TiTi (Thing in the Ice) e não necessariamente impedir os pássaros de jogarem. Dismember é também nosso side geral contra qualquer coisa agressiva, como Humans.


Esfera Amortecedora
 

Tron, Amulet, Storm, todos são decks que podem nos incomodar e nossa maneira de lockar eles é com a Esfera. Lembrando que em todos esses casos eles terão respostas para nosso lock, então é sempre importante alinhar a carta com um plano agressivo. É um erro subir isso contra fênix, a TiTi ainda vai flipar e é isso que queremos impedir.


Garra Krosana / Nature's Claim


Encantamentos e artefatos são comuns no Modern e lidar com eles é importante. Ultimamente temos poucas cópias de Stony Silence, que era uma das principais calls para essas cartas no side, mas o número de Calice do Vacuo tem aumentado, então é sempre bom ter de 4 a 5 slots do side para destruições. Garra é a carta que aponta para os decks de Whir of Invention, uma bem encaixada na ponte e o próximo turno o oponente está esticando a mão.


Jaula do Escavador de Tumulos


Decks como Fênix e Dredge conseguem tranquilamente jogar em volta de efeitos que limpam o cemitério, como Cripta de Tormod, e o Scales é mana hungry o suficiente para Reliquia de Progenitus não ser boa, então prefiro usar a Jaula, que ainda me ajuda contra Collected Company Decks.


Evolutionary Leap


Na maioria das vezes que estamos contra um deck mais controle queremos duas coisas, um sac outlet, por conta de Path to Exile outros efeitos de exílio, e card advantage. Leap nos dá as duas coisas e por um custo baixo, uma das melhores cartas em matchs grind.


Karn, Scion of Urza


Clássico motor de card advantage, Karn é uma das cartas que melhora muito no Modern por conta de nem todo deck lidar bem com um planeswalker de quatro manas e lealdade alta. Como usamos Mox é comum fazer ele turno três e até mesmo no dois.


Spellskite


Sem grandes segredos aqui, nosso oponente quer pumpar coisas? Quer destruir muito? Olá, meu nome é spellskite e eu já mudei mais de 1 milhão de alvos em apenas alguns anos.


Jogadas


- Nucleo de Phyrexia é acima de tudo uma sac outlet, lembre-se de deixá-la aberta para sacrificar seu Hangarback Walker, ou seu Operario Arconexo.


- Nexo de Mosco-tintas é nossa Marit Lage, boa parte das matchs que queremos vencer rápido passa por transformar o terreno e passar os marcadores para ele, fazendo um OTK.


- Pendelhaven normalmente passa por jogadas de pequenas vantagens, mas ele também ajuda uma balista com 4 marcadores a comer um Kalitas, Traidor de Ghet / Anafenza, a Principal sem ser exilada, basta quando a Balista estiver com apenas 1 marcador você usar o pendelhaven nela e só depois tirar o último marcador, nossa artefato morrerá apenas no final do turno e já teremos matado o monstro do oponente.
 

- Renascimento de Llanowar é maravilhoso com Scales, nos dando a chance de fazer um 4/4 logo no começo da partida, mas a melhor interação dele é com o Modulo de Animacao, ativamos o módulo, aumentando o marcador do terreno e fazemos uma ficha 1/1 que pode receber um marcador e se tornar 2/2, ou seja, um efeito quase livre de interações do oponente e que vai lentamente criando um exército para nós. Maravilhoso contra controles.


- Quem perdoa é Deus, Walking Ballista não. Normalmente a interação com ela envolve passar os marcadores do Arcbound Ravager. Mas também podemos matar nosso Operario Arconexo em resposta a algo e passar seu marcador, por exemplo, contra uma Colera de Deus , matamos o Operário e passamos seu marcador para o Hangarback. Com Hardened Scales na mesa, a Balista pode matar um operário 1/1 e assim ganhar dois marcadores para si.


- Hangarback é nossa carta contra remoções globais, deixar ele grande e depois fazer um exército de fichas é muito bom. Com Ravager na mesa, lembre que Hangarback será 1 marcador + X para o Ravager, sendo X o número de fichas que você fará.


- Modulo de Animacao aumenta os marcadores da mesa, QUALQUER um. Podemos aumentar desde o número de marcadores de um Hangarback, até o de veneno no oponente. Interações que gosto com o Módulo são a do Ravager e os “tokens” infinitos, onde sacrificamos um primeiro artefato e pagamos para um token, a partir de agora, cada 1 mana significa 1 marcador no Ravager. Outra interação é quando colocamos vários marcadores com o Steel Overseer e cada mana que temos disponível pode ser uma fonte de fichas, nessa ação é rápido fazermos uma mesa grande demais para o nosso
oponente.


- Trono de Geth permite também diversas jogadas, Uma das minhas favoritas é que ele aumenta o marcador de tudo, então em um só golpe eu aumento os marcadores das minhas permanentes, do cálice do meu oponente e o quanto ele tem de infect. Contra decks que exilam muito, o Trono fica aberto para ser uma sac outlet, sendo que, quando você sacrifica um Operário, por exemplo, você sacrifica, passa o marcador, e só então Prolifera, gerando aquele valor que todo mundo gosta.

 

Para fechar, a melhor dica que posso para vocês é sempre calcule letal. É muito comum que uma única ação na mesa mude tudo e você comece a ter letal, pensar o tempo todo em quanto de dano você pode causar, quanto tempo eu preciso para esse Hangarback estourar e as fichas atacarem letal, qual o out eu preciso achar com Stirrings, tudo isso é importante para você jogar bem e rápido com o Scales. De resto, o baralho é muito divertido e recomendo para quem quer um desafio para os próximo torneios.


Até mais!

Ruda

TAGS: 

Rudá Andrade dos Reis ( Ruda)
Aficionado por decks azuis agressivos, mas que não dispensa um bom Siege Rhino nas horas vagas, está no Magic desde 2003, em Flagelo.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
LigaMagic App



Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

andreammsa (07/05/2019 14:24)

Não entendi muito bem sua colocação. Tanto faz a hora que ele tente, você pode ativar o inkmoth a qualquer momento, então segue o mesmo esquema independente da fase do turno que você esta.
Se ele da tap draw vc ativa o inkmoth apos a resolução e ganha com ele, se ele da tap e bounce vc sacrifica o inkmoth e bate no chão pra letal.

didimax (26/04/2019 08:06)


Mas o cara sabendo que vc tem inkmoth ou mains land vai usar o comando antes de vc entrar na declaração de atacante. Ou seja ele vai usar no momento que vc não vai poder mas transformar a land em criatura.

GENERALLEE (24/04/2019 20:45)

Abri 0 2 Dropei mas no mcq fiz 4 1 1 perdendo pra um Kaya n taxes e empatando na mirror ( valor wars) ganhei até de whir

ToM_cHaPoLa (24/04/2019 07:08)

Lista que eu usei no main event

4 darksteel cidatel
4 inkmoth nexus
1 blinkmoth nexus
5 forest
2 horizon canopy
1 phyrexia's core
2 llanowar reborn
1 pendelhaven

4 arcbound ravager
4 arcbound worker
4 hangarback walker
4 walking ballista
2 metalic mimic
1 steel overseer

1 dismember
3 animation module
2 geth's throne
4 hardened scales
4 ancient stirrings
3 welding jar
4 mox opal

Sb:
1 surgical extraction
3 damping sphere
4 nature's claim
1 spellskite
1 karn, scion of urza
2 dismember
1 jaula
1 reliquia de progenitus
1 evolutionary leap

Meus matchs foram:
Tron 2-1
Tron 2-1
Burn 2-0
Tron 0-2
Death shadow kiln fiend 2-1
Scales 0-2
Whirl prision 2-1
Hollow one 2-1
Humans 2-1
Day 2
GDS 2-1
Spirits 2-0
Tron 2-0
Ur fenix 1-2
Spirits 2-1
Affinity 2-0

ToM_cHaPoLa (24/04/2019 06:48)

Joguei o mcq e o main event de scales
Mcq eu fiz 3-3 comentendo muitos erros que me custaram jogos
Porem compensei no main event
Fiz 12-3 terminando em 19°

O deck é muito divertido se jogar e tb é muito forte porem não é um deck simpples! Recomendo muito!

andreammsa (24/04/2019 00:40)

Na fase de combate, existe o ''inicio do combate'' onde normalmente o jogador vai usar o Comando. Quando entrar nessa fase o jogador ativo (Nesse caso, quem está atacando) ganha a prioridade, e logo após o oponente ganha prioridade. É nesse momento que ele vai usar o Comando, assim que o comando resolver o jogador ativo ganha prioridade novamente, podendo ativar o Inkmoth antes de entrar na fase de declaração de ataque.

LeonardoLopes1080 (23/04/2019 16:55)

Mas aí não tem como. Você precisa ativar o terreno para virar criatura antes de entrar na fase de combate. Se eu estiver errado, me corrija.

4lex (23/04/2019 16:10)

Ótimo artigo!

andreammsa (23/04/2019 14:35)

Muito bom artigo.

Vi esse baralho nascer nas comunidades de bots e evoluir para a lista consistente que temos hoje, realmente um dos decks mais divertidos e desafiadores do formato.

Aproveitar e deixar uma Trick que já deu muitas vitorias contra decks com Comando Críptico:
-Acontece muitas vezes de vc ter lethal ''no chão'' e um inkmoth/ravager contra decks controles, quando entrar na fase de combate e o oponente tentar usar comando, se os modos forem ''tap all'' e ''draw'', vc espera comando resolver, ganhar prioridade novamente ativando o inkmoth e batendo o lethal. Se os modos escolhidos forem ''tap all'' e ''bounce'' no inkmoth tentando evitar o primeiro cenário, você ativa o inkmoth e sacrifica para o ravager, fazendo o comando inteiro dar fizzle e ganhando no chão. O mesmo é valido para qualquer alvo do Bounce, ate mesmo se ele for o ravager, é só vc deixar de uma maneira que consigo sacrificar ele para ele mesmo passando os marcadores de forma correta.

VIP OURO flexfine (23/04/2019 10:56)

Ótimo artigo.

Tentando 'ajudar' com informações adicionais.

- Renascimento de Llanowar é maravilhoso com Scales, nos dando a chance de fazer um 4/4 logo no começo da partida, mas a melhor interação dele é com o Modulo de Animacao, ativamos o módulo, aumentando o marcador do terreno e fazemos uma ficha 1/1 que pode receber um marcador e se tornar 2/2, ou seja, um efeito quase livre de interações do oponente e que vai lentamente criando um exército para nós. Maravilhoso contra controles.

--- A ficha que recebe o marcador do Llanowar, ativa novamente o Módulo e a depender do flood podem ser geradas várias fichas no 'passe'

- Modulo de Animacao aumenta os marcadores da mesa, QUALQUER um. Podemos aumentar desde o número de marcadores de um Hangarback, até o de veneno no oponente. Interações que gosto com o Módulo são a do Ravager e os "tokens" infinitos, onde sacrificamos um primeiro artefato e pagamos para um token, a partir de agora, cada 1 mana significa 1 marcador no Ravager. Outra interação é quando colocamos vários marcadores com o Steel Overseer e cada mana que temos disponível pode ser uma fonte de fichas, nessa ação é rápido fazermos uma mesa grande demais para o nosso

--- Lembrar que o Módulo dá algo em qualquer permanente, podendo, também, matar a Phantasmal Image no match contra humanos