11 Cartas e um Segredo
28/09/2018 14:05 - 10,895 visualizações - 30 comentários
 

Oi, amores! Como foi o Nacional de vocês? O meu main event foi meio desastroso, mas foi uma viagem incrível, e melhor ainda foi conhecer tantos de vocês. Não é em todo evento a gente abre 5-0 né? Saudades GP São Paulo.

Enfim, nosso assunto hoje é outro. Como meu top 10 de Dominaria fez bastante sucesso, decidi repetir o formato para Ravnica. Tô bem animada para ver as guildas funcionando, e definitivamente estou pronta para um T2  novo, sem The Scarab God, sem Fumigate e sem veículos. Separei minhas principais apostas de cartas, e prestem atenção que no final tem uma surpresinha pra vocês!
 
Confesso que fiquei bastante empolgada para os spoilers, acho que muitas cartas têm potencial de definirem o formato e acho muito legal ver cartas de duas cores ganhando espaço. Comecei a jogar em Origens e peguei um pouquinho do bloco de Tarkir. Os baralhos de mais cores me chamavam bastante atenção, mas eu não arriscava nada muito elaborado por lá, então pretendo testar todos os decks diferentes que eu conseguir dessa vez.
 
Sem mais delongas, segue meu top 11 para o formato. Essas cartas não estão em nenhuma ordem específica, só separei aquelas que me chamaram mais atenção e fui fazendo uma listinha conforme eu fui lembrando.
 

Runaway Steam-Kin: Quero muito ver essa carta em ação para um turno 3 ou 4 sensacional cheio de bichinhos na mesa. Ela parece subir muito rápido e te dá a possibilidade de trabalhar seus manas da forma mais eficiente possível. Sou muito fã de cartas versáteis que te fazem otimizar suas escolhas. Ele parece ótimo na teoria, mas preciso vê-lo um pouco na prática para saber se ele vai ser a grande carta explosiva que permite o monored jogar várias spells por turno ou se a habilidade não vai subir suficientemente rápido.
 
 
 
Doom Whisperer: 5 manas 6/6 flying trample já seria uma carta forte por si só. Mas a habilidade de pagar vida e tombar o que você precisa no cemitério é um win para muitos decks, além da interação com cartas do bloco, como Creeping Chill. Essa carta pode vir a ser o grande 5-drop de baralhos como UB midrange ou BG midrange.
 

Swiftblade Vindicator: Andei testando algumas listas Boros com esse bichinho e parece que ele lava, passa e cozinha. Cartas com mentor, como a própria Aurelia, vão ser suas melhores amigas, pois farão a força dele crescer exponencialmente. Arrisco dizer que o drop 2 mais forte do Boros pode ser esse cara.
 
 
Sinister Sabotage: O que mais você pode querer de um counter t2 com custo justo e vantagem de carta? Perdemos cartas como Disallow, mas Sinister Sabotage definitivamente é uma substituta à altura. A habilidade dela ainda favorece cartas como Search for Azcanta, funcionando melhor do que um Scry 1 nesses casos.
 

Aurelia, Exemplo da Justica: Eu nem preciso justificar muito essa escolha, convenhamos né? Uma carta custo 4 flyer que bate 4/5 vigilância atropelar com mentor que ainda pode passar o benefício para outras criaturas é boa em qualquer livro. No meu, pelo menos, sempre tem espaço para cartas assim. Espero muito que o boros jogue, essas cartas têm muito potencial para um ambiente extremamente divertido.
 
 
Conclave Tribunal: sai Cast Out, entra Conclave Tribunal. Essa carta é a nova Oblivion Ring do t2. Em baralho de bichos, essa carta cai muito rápido, ou te permite otimizar seus manas, ficando menos vulnerável do que se fosse necessário se fechar totalmente no quarto turno.
 
 
Pelt Collector: Só de olhar para essa carta me dá um certo medo dela crescer e sair de controle rápido demais. Essa carta é exatamente o drop verde que estava faltando no monogreen t2 para fazer dupla com o Llanowar Elves na curva 1. Ainda acho que tem espaço para ele no Stompy modern e que estamos falando de mais uma carta que vai se sair bem em mais de um formato.
 

Tajic, Legion's Edge: eu tenho pra mim que, se houver um baralho Boros T2, essa carta vai ser a base dele. Ele define exatamente a guilda e é uma carta extremamente completa. Arrisco ainda que ele pode jogar modern no Humans, como uma espécie de proteção contra cartas como Anger of the Gods e Sweltering Suns.
 

Legion Warboss: Vocês provavelmente já ouviram pessoas se referindo a ele como “o novo Goblin Rabblemaster”.  A habilidade de mentor talvez seja até um pouquinho mais relevante que a habilidade antiga do rabblemaster no t2, mas ainda é cedo para saber. A carta em si é excelente, estou animada para ver goblins fortes jogando juntos e a interação entre eles.
 
 
Knight of Autumn: A primeira vez que esse spoiler saiu, o primeiro comentário que eu ouvi sobre essa carta foi: “RIP, Burn.” De fato, bate uma preocupaçãozinha disso dar as caras no modern, o que eu acredito que vai acabar acontecendo. Se Kitchen Finks já incomoda muita gente, imagina esse querido não só ganhando 4 de vida, mas destruindo artefatos, encantamentos ou crescendo de tamanho. Lembram do papo de antes sobre versatilidade de cartas? Essa carta é mais um ótimo exemplo — ela transita facilmente entre o aggro e o midrange e te dá várias opções para controlar o jogo da melhor forma possível para quem castá-la. Imaginem essa carta caindo num Collected Company?
 
 
Assassin's Trophy: Fiquei debatendo se deveria ou não colocar essa carta aqui. Primeiro, porque me soa redundante, já que absolutamente todo mundo já falou dessa carta. Segundo, porque ela é óbvia. Assim que ela saiu, o preço subiu. Assassin's Trophy é uma remoção excelente. De custo baixo, instant speed, que resolve seu problema ao preço módico de um terreno para o oponente. Se o seu baralho T2 tiver BG, arrisco que muito provavelmente 4 dessas estarão nas suas 75, provavelmente maindeck. Mas eu acho mesmo que o lugar ao sol dessa carta vai ser no Modern e no Legacy. Essa carta é tudo que Jund estava esperando para um retorno triunfal, já que ela resolve alguns dos maiores problemas do deck: os matches contra o tron, kci e valakut, por exemplo. Além disso, serve como uma carta extremamente versátil para tirar Teferi contra o UW Control ou o Jeskai, ainda liberando espaço no sideboard para cartas como Surgical Extraction. No legacy, baralhos como o Sultai e o BG Depths vão finalmente poder se aposentar do Abrupt Decay e conseguir resolver cartas como Jace, Griselbrand, Sneak Attack, etc.

BÔNUS: Shocklands

Já falamos antes no artigo de Dominaria sobre como o ciclo de lands afeta diretamente o ritmo do T2. Ravnica ganhou um ciclo poderosíssimo, que vai afetar não só o t2, mas contribuir para uma base de mana um pouco mais acessível no modern, já que essas cartas estão fortemente presentes no formato. Além da facilidade de decks bicolores e tricolores com terrenos em pé, shocklands são o paraíso para decks aggro por dois motivos: primeiro porque eles podem se aproveitar desses pequenos danos a mais de lands para aumentar o clock da partida, e segundo porque são justamente os decks agressivos que mais se beneficiam de poder fazer terrenos em pé nos primeiros turnos.
 
-
Agora, para a surpresa:
Eu avisei, eu falei umas 10 vezes que eu sou a pior deckbuilder do mundo e minha equipe também não é a mais talentosa do mundo nesse quesito (apesar de bem melhores que eu). Sou ótima em jogar com lista dos outros, mas montar baralho e guia de side é um talento que nasci sem. Mas entre nossos treinos e testes, seguem duas listas que, de repente, podem ver jogo:
 
Monored – Que surpresa, hein? Sou partidária de um bom deck aggro, mas com a perda significativa de drop-1 decentes, não sei se o baralho aguenta a transição com a graça de antes.
 
Mono Red - Standard
2018-09-28

Jogador

Ruda

Código Fórum

[deck=1010210]
Sideboard (15 cartas)

1 terrenos

6 criaturas

8 outras mágicas

  • Menor Preço

    R$ 21,64

  • Preço Médio

    R$ 35,09

  • Maior Preço

    R$ 39,75

 
Jeskai Control – Vi alguns testes dessa lista e achei muitíssimo interessante, vamos ver se joga.
 
Jeskai Control - Standard
2018-09-28

Jogador

Ruda

Código Fórum

[deck=1010215]
 
Por hoje é só, galera! Espero que vocês tenham gostado da minha listinha e das decklists, e lembrem-se: eu não sou jogadora profissional nem estou aconselhando ninguém a comprar carta nenhuma. Essas são minhas impressões pessoais e vocês podem (aliás devem) discordar, debater e questionar todas elas! Obrigada pelo apoio, não deixem de me seguir nas minhas redes sociais, @carolanet no Twitter e @carolinaanet no Instagram. No twitch (em breve, JURO!). Deixem nos comentários o que vocês gostariam de ver no próximo artigo.
 
Até a próxima,
Carol

Carolina Anet ( carolinaanet)
Jogadora competitiva desde 2015. Pode ser encontrada jogando com decks aggro em torneios, independente do formato. Ou falando sobre representatividade com outros jogadores.
Redes Sociais: Instagram, Twitter
carolinaanet na Twitch

LigaMagic App



Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

carolinaanet (18/10/2018 20:30:36)

Obrigada! Eu acho impossível ser bom em absolutamente tudo, e deckbuilding não é meu forte, mas eu gostei muito dessa lista de jeskai, viu? Testei essa semana um jeskai controle parecido e o baralho é bem forte!

carolinaanet (18/10/2018 20:27:40)

Oi Ricardo! Tudo bom? Joguei de Burn sim, eu vi que tem um pessoal usando risk factor, mas eu não sei se eu gosto, o baralho é tão rápido, acho que risk factor não encaixa bem, mas teria que testar pra dizer.

Baron_Voldaren (01/10/2018 22:45:02)

Achei muito bacana o texto, Carolina. Ajudou a dar uma clareada por aqui. Obrigado por compartilhar!

hunting (01/10/2018 14:57:38)

Ao meu ver o mono Red só sobrevive com dragões, fazendo um jogo mais midrange e não tão aggro. Vi algumas listas mais aggro com dinos, mas ainda assim com power leve bem inferior aos boros de ravnica.

EduSL (01/10/2018 12:29:52)

Pelo que percebi Boros aposentará o monoR por enquanto. E eu acredito que o Tajic possa definir muitas coisas no formato já que um deck baseado em remoções vermelhas poderá se tornar fraco. Até a expansão em Janeiro nada estará definido no Standard.
Outras cartas que me impressionaram foram: Ladra da Sanidade (p/ decks control), Segredos do Mausoleu (tutor no t2!), Ceifador da meia noite (p/ estratégias de lifegain, quem sabe com a nova versão da guilda orzhov); Niv-Mizzet, Ionizar, E Minotauro do Bairro da fundição (que tanto p/ boros, izzet e grull poderá ser relevante... pq não???)
Ravnica chegou com um powerlevel acima das outras edições. o/ !!! #gathering_spells
Parabéns pela texto.

Gregorygrinder (01/10/2018 12:02:23)

Mas eu dei um motivo: achei legal o título, e não o conteúdo. Não usei palavrão no meu comentário também, como você apontou. Sangrem irmãos!!!

diecardo (01/10/2018 11:23:41)

Carolina, tudo bem? Acompanho teus artigos e teu trabalho pela comunidade de Magic. Obrigado e keep rocking! :)

Pegando gancho no texto, tenho uma dúvida. Você comentou que jogou de Burn no GP SP (se não estou enganado). Na tua leitura, você vê potencial em alguma(s) carta(s) desse novo ciclo para o Boros Burn? Pensei em pegar algumas coisas desse set novo, mas não sei bem o que tem sinergia com o deck (além da shockland boros).

Desde já, obrigado!

And_7552 (01/10/2018 10:33:25)

Uma dica: Quando for criticar alguém, seja homem ou mulher, faça uma critica construtiva e saiba usar as palavras a seu favor.. Demonstra o que poderia ser melhor e faça sugestões numa boa, afinal, ninguém (inclusive você) gosta de ser criticado sem motivo.

"Título bom, texto merda".. Se esse é o melhor comentário que você consegue escrever, não escreva. Simples.

Ass.: "Sangrador"

Gregorygrinder (01/10/2018 08:25:01)

E os "defender 0/4" estão cada vez mais agressivos! Hehehe

Trollretto (01/10/2018 02:39:38)

Só pelo linguajar e as "ideias" expostas nesse comentário dá pra ver que o negócio é pessoal. Não se trata de alguém que entenda do jogo e tem conhecimento pra criticar qualquer coisa. De fato, é só mais um completo imbecil mal-educado e ofensivo que ajuda a reforçar essa tese que citaram ai anteriormente, de jogadores pé no saco que afastam a galera.

tattoowalker (01/10/2018 01:46:46)

Interessante a lista, mas eu aposto alto em risk factor pra manter o red na ponta

Gregorygrinder (01/10/2018 01:39:15)

O melhor dos textos da Carol são os sangradores que defendem a mina de qualquer crítica! Hahahahah acho da hora essas polêmicas, continuem pessoal! Daqui a pouco vão excluir umas mensagens como fizeram da outra vez. Mas lembrem-se: defender o ser só por que é mulher é machismo, e a Carolzita não gosta de "home" assim... Então relaxem! Ela não vai dar bola pra vocês, não precisa se degladiar. Hahahaha

And_7552 (30/09/2018 23:46:04)

Que gratuito jovem...

FlavioFMMelo (30/09/2018 21:43:22)


Vai tomar no cu cara ^^ vai dar piti com coisa que importa, sua vida tem que ser bem chata pra vc tá reclamando de conteúdo de magic, a mina fez a parada dela na moral e vc fica sequelando... jogador de magic é na grande maioria uns retardados mesmo pqp.

Gregorygrinder (30/09/2018 21:14:39)

Por que sempre os títulos dos artigos da Carol é melhor que o texto em si? É tipo olhar um trailer mó legal, e o filme ser uma nhaca.

Trollretto (30/09/2018 16:30:48)

Parece que tem gente que crítica sem ler os artigos da liga. Tem gente pedindo pra ler artigo que saiu exatamente um ou dois dias antes desse da Carol.

And_7552 (30/09/2018 15:38:04)

Parabéns pelo artigo! Acho que todas as cartas que comentou fazem total sentido...

Eu adicionaria Thought Erasure e Thief of Sanity ai... Pq são cartas muito fortes e que com certeza vão desempenhar um papel mto forte para o novo Standard.

mauriciosg89 (30/09/2018 11:10:48)

Artigo legal, contando sua experiência no jogo e visão de set. Inclusive, parabéns pela humildade em falar q não é uma deckbuilder habilidosa, mas mesmo assim expõe sua lista. Faz tempo que não jogo Magic, mas gostaria de saber o que achou de mission briefing, pois quando vi a carta, me pareceu uma das mais importantes do novo set, logo após assassin's trophy. Abraço

HHHH (29/09/2018 12:48:31)

Espero que isso não seja uma indireta para mim, pois apesar do meu olhar crítico sobre as coisas e de eu escolher não me calar quando vejo algo errado, não sou nem um pouco ranzinza, muito pelo contrário, sou um dos caras mais gente boa que caminham pela Terra, inclusive ensino Magic e já doei decks inteiros e completos para jogadores iniciantes. Eu faço a minha parte pelo Magic, por isso eu tenho moral para falar as coisas que falo. E quando eu erro, eu peço desculpas e apago meus comentários, pois procuro ser sempre justo. Eu elogio quem merece e crítico quem ficou devendo. A verdade dói, mas é só através dela que evoluímos. Abraço!

Tinhoso666 (29/09/2018 11:41:01)

Só eu enxerguei um deck Naya?

Fabioliveira1992 (29/09/2018 10:52:25)

concordo plenamente, tem iniciante que nao consegue tirar duvida na loja e nem aqui, pq se perguntar coisa noob,ninguém tem a atencao de explicar sem alguma piada maldosa no meio mas isso nao é exclusividade do magic, natureza humana infelizmente, mas realmente errata em ravnica foi de fude, e isso dá um nó no iniciante, até msm no selado causa mta duvida.

STR1KE (29/09/2018 05:10:36)


O que afastam os novos jogadores não são os erros nas traduções das cartas e sim os jogadores ranzinzas de várias lojas, grupos e sites que afastam qualquer pessoa que esteja conhecendo o jogo...

HHHH (29/09/2018 00:56:39)

Penso que seria mais interessante destacar as cartas chave das cinco guildas, como elas potencializam as mecânicas, quais as três melhores interações que possuem com outras cartas e quais as cartas que podem ser o ponto fraco delas, se houver. Guildas de Ravnica tem muitas cartas interessante para se comentar e analisar. Mas não vou esperar muito de um artigo feito por alguém que admite não saber nada de deck building, nem de side. Só me pergunto porque colocar alguém assim para escrever artigos para jogadores de Magic.

HHHH (29/09/2018 00:34:46)

O cara é o editor da Liga. Tem que ser o exemplo. E nós, leitores da Liga devemos cobrar, para não deixar o padrão cair, se não isso aqui vira uma baderna, como aconteceu a alguns meses atrás. Além do mais a Liga ganha muito dinheiro das lojas cadastradas, dinheiro nosso que consumimos os produtos do Magic, então devemos cobrar qualidade, pois se não o nosso hobbie vai se enfraquecendo, ao invés de se fortalecer. É por não cobrarmos qualidade no Magic que temos que engolir cartas como "Denegeração" Abrupta, Obstrucionista Ágil com habilidade no flavor text, a habilidade Mentor com uma tradução errada... como é que vc vai ensinar um novo jogador a jogar Magic com uma tradução lixo dessas? Vai ter que explicar a ele que erraram na tradução e que não dá para confiar no que está escrito na carta, o que vai causar o afastamento dos novos jogadores, pois ninguém gosta de coisas que não prestam, seja carta seja artigo.

HHHH (29/09/2018 00:18:13)

Concordo. Gera muito card advantage na build correta, porém o Ferox Imunocouro é perigoso já que entra em campo se for descartado.

kenshao (28/09/2018 23:28:12)

Essa lista de monored tá linda hein! Vou jogar com ela.

ThiefSlayer (28/09/2018 18:23:30)

Uma carta que eu fiquei de cara no selado foi Disinformation Campaign. Quando entra já é um 2 pra 1 por 3 manas, e a cada vez que usa surveil pode ter mais 2 cartas de card advantage. Contra aggro é meio ruim pq não faz nada contra o board e custa bastante mana. Mas se rolar estratégia com surveil isso aí deve ser MTO bom contra control.

Sibin (28/09/2018 16:28:51)

Coitado do cara mano, tinha que entregar a pauta e deixou pro finzinho da dead line, ai fez qq coisa mesmo kkkk

Ricardo_R_JR (28/09/2018 15:27:01)

Ótima postagem. Muito mais relevante do que uma porrada de lista de compras sem justificativa.

Fabioliveira1992 (28/09/2018 15:18:59)

sussurrador da ruína é sensacional, o card é mto fora da curva, se as estrategias com graves vira ninguem segura este garoto