O Novo Brawl
14/05/2018 15:00 / 6,527 visualizações / 19 comentários

 

Bom dia, classe, Professor Pauper hoje de novo se atrevendo a falar de um tema diferente: Brawl. Que formato interessante! Não me leve a mal, até gosto de commander e T2, mas o Brawl pega os melhor destes dois mundos e ainda tem aquele cheirinho de carro novo, onde tudo é novidade e uma grande descoberta. Como neste artigo do meu saudoso amigo Helquer Sales, “E esse tal de Brawl?”, no qual ele trabalha a sua visão de “formato introdutório ao EDH” (que já adianto, não concordo plenamente), somos apresentados a um mundo novo, com listas e possibilidades novas de uso de cards que não são tão impressionantes assim em outros formatos. Para completar o meu contraponto ao colega, acredito bastante no formato como uma possibilidade de trazer jogadores do Commander ao mundo do T2, da sua usual rotação, ir além do casual e proporcionar experiências híbridas e partidas mais velozes. Jogadores de mesão de commander sabem do que eu falo.
 
 
Mas nesta semana, precisamente dia 10 de maio, os Feiticeiros da Costa, no artigo do (“The Future of Brawl”), apresentaram algumas alterações dentro do Brawl ao perceberem distorções dentro do formato:
 
1 - “Baral, Chief of Compliance, Sorcerous Spyglass e Smuggler's Copter formam toda a lista de banidas do Brawl” Isso aconteceu porque o Baral já era uma lista opressora no Commander, criava possibilidades muito poderosas de anulações para as listas baseadas em anulações. Fazendo quase 65% do Top 32 nos torneios de Brawl no MOL, era natural que este banimento acontecesse. Sorcerous Spyglass​ também rodou nessa por ser uma possibilidade efetiva de acabar com planeswalkers comandantes com um custo efetivamente baixo. E, por último, Smuggler's Copter por ser uma presença tão opressora que o primeiro jogador que comprasse sua cópia do veículo geralmente tinha uma vantagem descomunal sobre o oponente.
 
 
Isso era tudo meio que esperado e, até de certa forma, natural. Mas o que vem a seguir é que impressiona pela ousadia.

2 - “Isso significa que Aetherworks Marvel, Attune with Aether, Felidar Guardian, Rampaging Ferocidon, Ramunap Ruins  e Rogue Refiner estão todas desbanidas.” O Feiticeiros da Costa acreditam que, por ser apenas uma cópia de cada, esses cards não apresentam problemas ao formato. Muito pelo contrário, suas “interações criativas” deixarão o formato mais rico, numa clara referência ao combo do Felidar com a Saheeli. Ou seja, o combo do gato voltou! Mas, para ser sincero, não acredito que vá fazer muito sucesso. Esse combo dependia, como o próprio artigo comenta, de consistência que apenas as 4 cópias de cada permitia. Vamos ver nas próximas semanas a “criatividade” da comunidade…Quem sabe uma lista toda baseada em energia, hein?
 
3 - O Ferocidon também voltou. Isso significa que, somado ao próximo anúncio, o atual field Brawl vai sofrer algumas alterações..“O total inicial de pontos de vida nas partidas 1x1 é agora 20 (multiplayer ainda é de 30!).” Isso vai dar uma bela guinada do formato na direção das listas mais agressivas. O formato tinha como primazia a dominância de listas mais controles, já que as listas mais agressivas tinham dificuldades de derrotar um deck controle com 30 pontos de vida antes de ser controlado. Juntamente com o Ferocidon, acredito que os Mono Reds vão ganhar bastante força daqui para frente: tudo em nome da diversidade...
 
 
4 - E por último: “Você pode usar qualquer quantidade de cópias de terrenos básicos ao usar comandantes incolores (como o Karn, Scion of Urza).” Viabilizando o Karn no formato. Mas não sei se existem listas para isso. Se você, querido aluno, conhecer alguma, por favor poste nos comentários.
 
Poe fim, esta lista pilotada pelo Fr(l)ankling veste bastante a camisa da nova mentalidade agressiva para o Brawl. 
 
MonoRed - by Flanking
 
MonoRed - by Flanking - Brawl
2018-05-12

Jogador

JorgeJacoh

Visitas

6574

Código Fórum

[deck=888565]
 
Basicamente é isso. Eis a lista que estava jogando Brawl nos últimos dias:
 
Professor Nicolas - Brawl
2018-05-12

Jogador

JorgeJacoh

Visitas

6561

Código Fórum

[deck=888390]
 
É uma lista controle pensada no nosso querido Bolas. Quando ele é conjurado da zona de comando, geralmente o oponente sente a necessidade de mudar de alvo. Ele esquece que você existe e passa a mirar no Professor Nicol Bolas. É divertido de jogar e controlar seus coleguinhas (o que pode parecer não divertido para eles). Enfim, essa lista vai precisar de adaptações para sobreviver ao novo Brawl mais agressivo citado acima.
 
 
Valeu galerinha, se vocês tiverem sugestões de listas (Pauper e Brawl) mande para o meu e-mail (jorge.jacoh@hotmail.com) e ela pode ser analisada aqui nas nossas aulinhas.
 
Até a próxima, não deixem de ser fascinantes e,
Classe dispensada…
JJ
 
   
TAGS: 

Jorge Jacoh Ferreira ( JorgeJacoh)
Jorge "Professor Pauper" Jacoh Ferreira é professor por profissão
e nas horas vagas também enchendo o saco de todo
mundo com esse negócio de Pauper.
Redes Sociais: Facebook
LigaMagic App

ARTIGOS RELACIONADOS

CLM 11 – Commander e Brawl

Análise do Meta do Commander 1v1 e Brawl para o CLM 11.


E esse tal de Brawl?

Novo formato Commander voltado para o Standard.





Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

JorgeJacoh (28/05/2018 07:09:06)

Ravnica de novo?
=(
Quando vai ter aquele plano em miniatura Segóvia?

tattoowalker (18/05/2018 15:28:44)

Esse não era o formato ideal que espetava mas me parece que eles bolaram bem o plano. Dominaria é já é Uma plataforma perfeita pra isso, com o anúncio de ravnica será uma uva. Vai ganhar força o formato

_Luks (18/05/2018 10:49:50)

http://tappedout.net/mtg-decks/5c-copycat-4/

JorgeJacoh (16/05/2018 19:08:15)

Poxa, eu juro que tentei montar um Grixis piratas. Tem alguma sugestão de lista? Achei eles sempre meio quebrados na velocidade de base de mana...

AmaneKyon (16/05/2018 09:26:02)

Mesmo após a rotação, o Aggro vai reinar no Brawl.
Beckett Bronze é o suprasumo do aggro, com o melhor que o controle pode proporcionar.

JorgeJacoh (16/05/2018 02:53:56)

Adoro esconder a idade... rsrsrs
Chegando nos 40 isso é só vantagem.

JorgeJacoh (16/05/2018 02:52:13)

Essa verdade doi...

JorgeJacoh (16/05/2018 02:51:41)

KArn 200 reais???
=******(

JorgeJacoh (16/05/2018 02:51:07)

rsrsrsrs
socorro...

JorgeJacoh (16/05/2018 02:50:53)

VLw meu amigo. Continue acompanhando a gente pq tem mais por aí.

Gonzales_RJBR (15/05/2018 17:36:41)

Professor eu curto tudo que você escreve, sendo no Pauper ou não. PARABÈNS por mais um artigo de qualidade! Forte abraço do também professor Gabriel!

_Luks (15/05/2018 10:39:32)

Partiu 5c Copycat!
Gato,Saheeli,Vizir,balista e CIA.

MrSocrates (15/05/2018 09:28:46)

O jeito é esperar pra ver se sai artefatos relevantes no Core Set. Só com o que tem em Dominaria fica muito precário montar alguma coisa pro Karn...

GNemesis (14/05/2018 21:17:21)

Boa garoto! Belo Artigo!

HHHH (14/05/2018 20:08:01)

Gostei do artigo. Parabéns.

tattoowalker (14/05/2018 17:52:42)

Uma correção, irmão. Na verdade 1/3 do deck corresponde a kaladesh mas a rotação amonkhet cai junto e levará seus preciosos terrenos e alguns artefatos

tattoowalker (14/05/2018 17:09:31)

Acho difícil, mano. Metade do deck é kaladesh poderia ate dizer a melhor metade do deck

MrSocrates (14/05/2018 16:54:17)

É bem capaz de que sobreviva, porém ficaria uma versão aleijada da atual. Os principais beaters do deck são todos do bloco de Kaladesh, então teria que arranjar outros meios de agredir pós-rotação. Ao menos mantém o Bons-Ventos, que fornece um baita card selection caso fique na mesa.

tattoowalker (14/05/2018 15:50:44)

A lista do karn já rodava com 18 lands e todas as rocks disponíveis, mas agora com 20pv entupi a board com barreiras e deixar os construtor fazer o trabalho.. mas não sei se sobrevive a rotação, kaladesh é o sumo do metal