Load or Cast
Quer ser um juiz certificado? Comece lendo isto.
[b]Quer ser um juiz certificado? Comece lendo isto.[/b] Em todo evento, uma quantidade de jogadores se aproxima querendo saber quais são os passos para se tornar um juiz certificado. Até algumas semanas atrás, esse processo era um tanto complexo. As exigências feitas ao candidato para nível 1 eram ta..
Por
05/10/2011 22:38 - 5.748 visualizações - 12 comentários
Compre certo com Magic Store Brasil
Quer ser um juiz certificado? Comece lendo isto.

Em todo evento, uma quantidade de jogadores se aproxima querendo saber quais são os passos para se tornar um juiz certificado. Até algumas semanas atrás, esse processo era um tanto complexo. As exigências feitas ao candidato para nível 1 eram tantas que, em geral, uma resposta honesta por parte dos juízes poderia soar como má vontade ou tentativa deliberada de repelir candidatos.

Ao longo dos últimos anos, com a crescente disponibilidade de recursos e com a simplificação dos procedimentos e documentos, ser juiz certificado tem ficado mais fácil. Como parte dessas mudanças, a DCI optou por rever suas exigências, de modo a adequar seus requisitos à realidade da comunidade.



O Juiz Local

Magic teve um crescimento notável nos últimos dois ou três anos. O número de jogadores e eventos cresceu numa velocidade espantosa. A comunidade de juizes, no entanto, não acompanhou tal crescimento. O descompasso entre os números de juízes e jogadores levou ao surgimento de pessoas, na maioria lojistas ou seus empregados, responsáveis por executar os torneios e resolver situações comuns sem o devido apoio para tal. A essas pessoas, mesmo enquanto sendo as mais diretamente relacionadas com os jogadores, nunca foram disponibilizados os recursos fornecidos aos juízes certificados da DCI.

A comunidade de juízes acumulou ao longo dos anos um vasto corpo de discussões a respeito de políticas e regras. Esses arquivos, no entanto, só estão disponíveis a quem tem acesso à lista internacional de juizes: os já certificados. Muitas vezes, a informação é vedada a quem mais precisa.

No intuito de resolver esse descolamento entre quem precisa e quem tem acesso aos recursos, a DCI optou por rever as definições do nível 1. Posto de modo sucinto, o novo juiz de nível 1, chamado Juiz Local, é aquele de quem se espera ser capaz de lidar com as necessidades de eventos locais Construídos ou Limitados, de até 16 jogadores, em REL* Regular. Com isso, os que cumprem tais funções podem ser reconhecidos como tal, e ter acesso a recursos para melhorar os torneios para os jogadores.

Vale ressaltar que desde 2009, é permitido que se participe de um evento Regular simultaneamente como juiz e jogador. Não é mais preciso abrir mão de jogar o FNM ou o Draft de domingo com o pessoal para apitar.
Decorre dessa mudança que outros níveis terão suas definições alteradas para que o programa como um todo se adapte à nova realidade, mas esse não é o foco aqui.

*(Rules Enforcement Level, ou Nível de Aplicação de Regras - parâmetro que regula o rigor com que regras são cobradas e punições aplicadas. Pode ser Regular, Competitivo ou Profissional)




Virando um juiz certificado

Os requerimentos para o nível 1 foram recentemente redefinidos. Na forma atual, são os seguintes:

Nível 1 - Juiz Local

Os juízes de nível 1 são Juízes Locais, que tomam conta de eventos locais, executam eventos em REL Regular, ou trabalham como juízes de salão em eventos maiores de REL Competitivo. Eles tem conhecimento sobre regras de Magic, e regras, estruturas e formatos de torneios da DCI e são capazes de organizar eventos em nível de loja.

Juízes locais são os principais embaixadores da DCI no contato com a comunidade e trabalham com (algumas vezes, para) os lojistas. Os lojistas frequentemente perguntam sobre juízes locais e solicitam sua ajuda para organizar, executar e reportar seus torneios. Muitos lojistas empregam juízes locais ou se tornam eles mesmos juízes.

Qualificações

• Ter trabalhado como juiz em eventos sancionados duas vezes no último semestre, preferencialmente supervisionado por juiz experiente.
• Conhecimento de estruturas de torneios, com experiência como jogador em torneio sancionados da DCI.
• Entrevista breve com um juiz de nível 2 ou mais alto, mostrando maturidade, diplomacia, habilidades de comunicação e ética de trabalho, e recomendação escrita dele.
• Pontuação mínima para aprovação no exame para certificação de juízes de nível 1.

Os itens a seguir NÃO são esperados de um candidato para o L1

Estes itens representam areas de crescimento opcional, não esperados previamente de um juiz de nível 1.
• Ter trabalhado em eventos de REL Competitivo.
• Conhecimento do Magic Infraction Procedure Guide. (MIPG)
• Ser aprovado para Rules Advisor ou outro exame de teste
• Escrever avaliações no Centro de Juizes. (http://judge.wizards.com)
• Conhecer a fundo os motivos por trás das políticas.

Requisitos para manter o nível

• Trabalhar como juiz em um evento sancionado a cada seis meses.
• Manter as qualificações acima.

Intervalo de Reavaliação
O candidato que for reprovado pode tentar novamente a certificação em dois meses.

A fim de clarear um pouco o significado de cada requisito, eles são comentados abaixo:


Ter trabalhado como juiz em eventos sancionados duas vezes no último semestre.

Este primeiro deve ser um requisito de obtenção relativamente simples. Com a nova definição do nível 1, eventos Regulares tornaram-se mais adequados à avaliação de candidatos do que eventos Competitivos. A supervisão do juiz certificador (ou de outro juiz dedicado a avaliar o candidato) não é mais obrigatória, mas pode facilitar muito a avaliação e contar pontos na entrevista.

Os candidatos que já trabalham em eventos locais devem adicionar no DCI Reporter o próprio número de DCI no campo adequado, registrando assim os eventos em que trabalham.


Conhecimento de estruturas de torneios, com experiência como jogador em torneio sancionados da DCI.

Boa parte dos candidatos ao nível 1 opta por buscar a certificação após ter contato com eventos sancionados. Essa experiência familiariza o candidato com uma série de procedimentos corriqueiros nos torneios da DCI que seriam de difícil assimilação por modo puramente teórico. Entre os exemplos, poderiam constar a leitura de emparceiramento, o limite de 4 cópias de cada card não-básico em um baralho, os procedimentos de pré-jogo, como rolagem de dados e mulligans, os critérios de desempate entre outras minucias que rapidamente se internalizam por uso.

É esperado do juiz de nível 1 que seja capaz de tomar conta e executar sem dificuldades eventos de pequeno porte. Os procedimentos deste tipo de torneio são relativamente simples: auxiliar nas inscrições, explicar aos jogadores o formato do torneio, anunciar as rodadas, anunciar ou afixar os emparceiramentos, anunciar e lidar com os procedimentos de fim de rodada, estar disponível para responder dúvidas e resolver situações nas quais algum jogador fez algo ilegal. Se outra pessoa estiver manipulando o software para eventos da Wizards (o WER), deve-se também saber trabalhar em conjunto com ela, ajudando no processo de recolhimento dos resultados e em qualquer outra atividade que for necessária.

Eventos Limitados dependem de uma série de procedimentos particulares, não presentes em formatos Construídos, como a marcação do tempo de escolhas em um draft, por exemplo. Espera-se um conhecimento prévio de tais procedimentos.



Entrevista breve com um juiz de nível 2 ou mais alto, mostrando maturidade, diplomacia, habilidades de comunicação e ética de trabalho, e recomendação escrita dele.

Candidatos devem esperar serem avaliados durante todo o tempo, não só por juízes mais experientes, mas também pela comunidade. Enquanto a nova definição do nível 1 limita-se a eventos Regulares (e é, portanto, menos rigorosa em termos de regras, procedimentos e punições), o juiz ainda assim é o representante da DCI frente à comunidade. O seu comportamento, modo de lidar com jogadores, honestidade e a clareza na comunicação se fazem fundamentais.

No caso específico dos eventos Regulares, o esforço por parte dos juizes na educação dos jogadores quanto às regras e procedimentos corretos é especialmente valorizado. Ao contrário de eventos Competitivos e Profissionais, onde jogadores são cobrados (e penalizados) mais intensamente em sua precisão técnica, nos Regulares, o foco reside na educação.

É sempre recomendado aos juízes que busquem se divertir durante os eventos, que conversem com jogadores, e que aproveitem o jogo. Trabalhar num evento não deve ser um fardo, e sim outra maneira de apreciar Magic e sua comunidade. Posto isso, espera-se dos juízes um comprometimento com a preservação do evento em diversos sentidos.

Se o comportamento e postura do juiz forem considerados adequados pelo certificador, é fornecida a recomendação necessária.



Pontuação mínima para aprovação no exame para certificação de juízes de nível 1.

Uma vez aprovado na entrevista, é oferecido ao candidato o direito de fazer o exame de certificação. Para o nível 1, é necessário uma pontuação superior a 70% em uma prova em inglês com 25 questões, onde aproximadamente 60% versam sobre regras, principalmente focadas em interações de cartas e mecânicas ainda válidas no Padrão, trechos selecionados do Comprehensive Rules. Os 40% restantes avaliam conhecimentos de estrutura de torneios (trechos do Magic Tournament Rules) e correção de erros e infrações em torneios Regulares (Judging at Regular REL).



Aprovados no exame escrito são, em uma questão de dias, adicionados aos grupos de e-mails dos brasileiros, latino-americanos e à lista internacional de juízes certificados. Estes grupos são importantes ferramentas, onde é possível acompanhar discussões sobre regras, casos interessantes e tirar dúvidas, sempre que preciso.



Estudando para o exame

A comunidade de juízes selecionou trechos importantes do Comp. Rules (o livro de regras de jogo completas, cuja versão atual tem 188 páginas) e dividiu em lições para que candidatos estudem para a certificação. As lições e respectivos exercícios estão disponíveis (em inglês) em http://wiki.dcifamily.org/index.php/Judge_Classes.

Em grande parte, os detalhes mais importantes do MTR são passíveis de aprendizado por uso. Ainda assim, convém dar uma lida no documento. Os trechos em que se recomenda especial atenção são as partes 2, 10 e o anexo B.

A leitura e domínio do Judging at Regular REL é fundamental para o sucesso nos eventos e na avaliação.

Além da leitura dos documentos, fazer exames de treino no Centro de Juízes é uma ótima maneira de descobrir pontos fracos nos seus conhecimentos. Uma vez logado no site, os seguintes modos de exame ficam disponíveis:


Easy Practice: perguntas de regras simples. Vale a pena pelas perguntas de correção de erros.
Hard Practice: perguntas difíceis. Boas para aprender as pegadinhas das regras.
Policy Practice: perguntas de políticas da DCI e infrações, somente.
Rules Advisor: um teste somente com perguntas de regras, que só pode ser repetido após algumas semanas e que dá ao aprovado um título de Conselheiro de Regras.
L1 Practice: só pode ser feito uma vez a cada dois meses. Vale a pena guardar pra perto da prova.

Ao final do exame, você vê as suas respostas e as respostas corretas, acompanhadas de explicação breve e referência de onde, nos documentos, está a parte relevante para a questão. Várias situações importantes e coisas que podem ter passado desapercebidas podem vir a ser identificadas com alguns testes. Mesclar exames e leituras é uma excelente maneira de se preparar para a certificação.


Palavras Finais

Essas são as dicas para quem busca certificar-se como juiz. Prepare-se. Estude. Trabalhe em eventos. Procure um juiz de nível 2 ou maior para ser seu certificador**. Se tudo der certo, em breve você poderá ser um de nós.

Tendo qualquer dúvida, não hesite em contatar algum dos juízes.



Bruno Santos
L2, São Paulo


** A lista de juizes brasileiros com seus níveis está disponível no Centro de Juízes. Entre em Pessoas-Instruções e clique em judges near you.
( Potira)
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 05/10/2011 22:38
ja sou "juiz" a muito tempo aqui na região de jaragua do sul- sc,,, sou organizador de torneio tambem, mais por "falta de uso" o meu teste (como era feito antigamente pra se virar judge lvl1) expirou,,, tem algum juiz lvl 2 que pode me entrevistar e dar andamento ao esquema todo comigo,, ou pelo menos alguem que "empreste" o DCI de juiz pra mim reportar os torneios (fazemos uma media de 2 constructed e de 2-4 limited por mês)

AJUDA AI GALERA
(Quote)
- 04/10/2011 14:47
Essa foto é do GP SP? Só conheço 3, sendo q um deles é argentino! XD
(Quote)
- 04/09/2011 16:30
Potira , vendo seu topico , acho que ano que vem meio do ano vou tentar a prova pra juiz , LV 1 , aqui em Niterói precida de um juiz na loja dragão da torre , queria começar a particar dos eventos como auxiliar , ate chegar a confiança de fazer essa prova , e assim que funciona , vc passar processo de aprendisagem e depois fazer essa prova quando vc se sentir confiante ?

Depois se poder me dizer agradeço!
(Quote)
- 04/09/2011 07:49
Puxa, se eu soubesse que era tão fácil eu teria tentado isso antes!
(Quote)
- 02/09/2011 19:22
Nem li, só dei 5 pela brodderagem.