I GOT MY MOJO BACK, BABY!
02/11/2017 10:00 / 4,666 visualizações / 5 comentários
 
A preparação para um torneio importante varia de jogador para jogador, alguns têm tempo e dinheiro para jogar no Magic Online, outros podem treinar apenas presencialmente, e tem o jogador que leva o jogo apenas como um hobby e tem eu, que apesar de não viver do jogo gostaria muito de ter bons resultados sempre que jogo. Infelizmente todas as pessoas com quem eu treinava acabaram se mudando da minha cidade, então treinar loucamente 24/7 não é mais parte da minha rotina, só que sempre acompanho os campeonatos da região, discuto com players que respeito e mantenho o nível teórico do jogo bem atualizado, e como estava chegando o Torneio 2k Modern da Power 9 que, além de uma ótima premiação para o top 8, o vencedor ainda ganharia BYE na final do CLM, é ou não é pra aplaudir de pé?
 
A parte mais importante para mim era a escolha do deck, com o aumento de popularidade do Storm, o meu querido Valakut poderia não ser a melhor escolha por ter uma matchup tão ruim contra o UR Gifts. Resolvi testar o Bant Retreat e estava tendo bons resultados nos testes contra as matchups que mais me davam dor de cabeça com o Valakut (UWR Queller e UR Storm), a lista final que decidi usar no evento caso fosse de Bant foi:
 
Bant Retreat - Modern
2017-10-31

Jogador

Bruno_Orelha

Visitas

4714

Código Fórum

[deck=719917]
 
Eu optei pela utilização do vermelho pois sabia que, apesar de ter uma manabase main dolorida com mais shocklands e uma land incolor a mais, eu sabia que o Kessig Wolf Run me daria muitas free wins e seria bom contra decks com muitos removals, além do fato, claro, de poder conjurar Izzet Staticaster​, que é maravilhosa contra Company Decks e Tokens. O maindeck estava bem reto, mas decidi inventar no side, Shapers' Sanctuary me deixava bem mais seguro contra BGx, Shadow e faz a matchup contra UWR ser irrisória, e por último, mas não menos importante: Tamiyo, Field Researcher!!!!
 

Que carta maravilhosa, é boa contra aggros, midrange e control, segurando ameaças que vão desde Tarmogoyf e Scavenging Ooze​, até Thought-Knot Seer e Reality Smasher. Além de te dar Draws para se manter no jogo e com um ultimate que consegui fazer pelo menos 3 vezes durante campeonatos, Tamiyo tem sido minha MVP do side.
 
Maaaaaassss, como inseguro que sou, acabei desistindo do Bant Company por estar mulligando demais e não conseguir chegar num plano de sideboard que me agradava, estamos de volta com a programação normal: Fazer montanhas e matar os oponentes com elas.
 

Visitas

4705

Código Fórum

[deck=719213]
 
Muitas mudanças foram necessárias desde o GP: Cortei completamente o preto do deck. Apesar do aumento dos combos (que é onde as Collective Brutality e Slaughter Games brilhariam), focar meu deck em uma versão full combo com Prismatic Omen e Hour of Promise​ (similar à decklist utilizada pelo Grilo no GPSP) me daria mais chances de roubar games pré-side devido à velocidade e adiciona uma consistência de finalização contra Rogue decks.

As duas Relic of Progenitus no maindeck são uma concessão para UWR e Storm, e por ser uma jogada de turno um em um deck com poucas (apenas 4 Search for Tomorrow e 3 Lightning Bolt), ela ainda cicla no mid-late game, então nunca é uma carta morta no game 1. Além da velocidade, o Prismatic Omenme permite grindar longos jogos onde eu encontre Valakut e não consiga achar/resolver os Finishers do deck, podendo gastar os primeiros triggers do Valakut em criaturas problemáticas me ganha tempo o suficiente para que o Scapeshift ou o Primeval Titan acabem com os últimos pontos de vida.
 
Devido à remoção do preto, o side ficou mais soft contra os combos, então voltei com os Chalice of the Void​, que são perfeitos contra Storm (sempre fazendo para 2) e contra burn (com 2 marcadores também), as duas Witchbane Orb são concessão para o Mirror e contra combos que dão alvo (Ad Nauseam e Storm), o Beast Within é uma resposta genérica para qualquer maluquice que passa aparecer e o Thrun, the Last Troll é minha maneira de vencer os controles com apenas uma carta.
 
Chega de enrolação, vamos direto ao que importa!
 
O torneio começa sem atrasos, temos 49 jogadores, que significa que serão 6 rodadas de suíço + corte para o top 8, e graças ao número de jogadores, os 3 primeiros colocados depois dos play-offs serão agraciados com vaga+ BYE 1 para a final do CLM!
 
Round 1: Abzan Elfos

G1 - Sento para jogar e vejo que estou contra um amigo daqui de Campinas, ele só joga de Elfos, então meus keeps ficariam mais fácil. Eu perco no dado e começamos a jogar, minha mão consiste em fazer um Titan turno 4, sem removals mas aparentemente ok, ele fica com 1 land por alguns turnos mas a Heritage Druid o faz encher a mesa com Elvish Archdruid e Ezuri, Renegade Leader, eu volto fazendo Titan e matando o Ezuri, infelizmente ele compra um Chord of Calling na volta e me mata com múltiplos efeitos de  Overrun.
 
 
G2 - Com um Engineered Explosives na mão inicial eu me sinto mais seguro, faço um Tireless Tracker e volto de explosivos pra 1, que limpa 5 criaturas do lado dele, ele não encontra nenhuma Collected Company e acaba sucumbindo ao Tracker.
 
G3 - Esse foi um dos jogos mais difíceis do torneio inteiro, eu keepo com apenas Engineered Explosives. de interação, e sou obrigado a fazer pra 1 matando apenas um Nettle Sentinel, ele desvira com Ezuri, Renegade Leader e Elvish Archdruid, faz um monte de elfos e esquece de desvirar um Nettle Sentinel​, para ter 3 elfos de pé, e com 4 manas na pool faz uma Witchbane Orb​ (argh!!!). Eu volto de Scapeshift matando 6 criaturas e torcendo para que ele não comprasse o Lord para me matar, ele não compra, eu volto de Primeval Titan limpando completamente a mesa dele, dou Summoner's Pact para Reclamation Sage​ (subi pois sabia que eel usava a orb) e finalizo em um ataque só.
 
1-0
 
Round 2: Mirror

G1 - Obviamente eu perco no dado novamente, mas ele começa muito lento com 3 taplands e eu consigo matá-lo mesmo estando no draw.
 
G2 - Ele não faz nada nos 3 primeiros turnos, o que me acende o Red Alert para Beast Within, vou jogando devagar e sempre tentando não perder para apenas um possivel LD, seguro o jogo o suficiente para fazer um Scapeshift com 7 lands e 1 Prismatic Omen na mesa, assim ele não teria como quebrar minha sexta montanha com apenas um Beast Within, meu plano dá certo e meu oponente me oferece o aperto de mãos.
 
2-0
 
Round 3 : Mirror

G1 - Eu sabia que ele estava de Valakut, e novamente eu perco no dado, no entanto, eu abro com uma mão absurdamente explosiva que fazia 8 lands turno 4 mesmo no draw, só que por não achar o Scapeshift eu fui obrigado a fazer o Titan e dar 12 de dano e ameaçar letal na volta, mas ele volta com o Scapeshift dele e me finaliza.
 
G2 -  Agora eu começo, e o bagulho fica loko! Minha mão está bem agressiva novamente, resolvo uma Witchbane Orb no turno 3 com o Titan na volta, mas ele faz Prismatic Omen um turno antes e volta de sétima land, Beast Within na minha Orb e Scapeshift letal, não posso dizer que não tentei.
 
2-1
 
Round 4 : EldraTron
 
G1 - Eu ganho no dado e faço a dancinha da comemoração (mentalmente) ! Abro de Search for Tomorrow e ameaçando Titan no 4 se comprasse uma land ou não tomasse Thought-Knot Seer. Ele faz Expedition Map  para a segunda peça do Tron, mas não acha a terceira e faz uma Oblivion Stone, nessa hora eu fico com um pouco de dúvida, pois jurava ter visto ele com um Reality Smasher e um TKS na mesa em outra rodada, bem, não tinha nada que eu pudesse fazer diferente caso ele estivesse de Green Tron, fiz o Primeval Titan na 4 e matei na volta.
 
 
G2 - Ambos abrimos devagar e ele não fecha o tron e nem encontra Eldrazi Temple, eu faço um Obstinate Baloth e um Thrun, the Last Troll e encontro um Valakut, the Molten Pinnacle, no momento que ele tenta equipar a Walking Ballista com 2 marcadores com o Basilisk Collar, eu respondo estourando minha fetch, que buscaria a sexta montanha pro Valakut, meu oponente com um Ghost Quarter de pé não percebeu isso, eu busco a montanha e mato a balista com o Trigger dos 3 de dano, ainda no passe dou um Beast Within no TKS dele , compro Titan e finalizo em 2 turnos.
 
3-1
 
Só mais uma vitória para o querido ID e lock no top 8.
 
Round 5 : UW Control
 
G1- Eu perco novamente no dado mas começo muito bem, ele faz Gideon of the Trials e Celestial Colonnade no 4 e eu volto de Prismatic Omen e Scapeshift pra 72 de dano.
 
G2 - Eu começo com um pouco de medo, pois vi que ele usava múltiplas Leyline of Sanctity e eu só tinha uma resposta pra encantamentos de custo maior que 3. Ele começa com uma Runed Halo no 2 e eu faço Engineered Explosives. pra 2, quebrando o encantamento. Ele encaixa um Gideon of the Trials e eu faço um Thrun, the Last Troll, que ele tinha 0 respostas contra. Acabo finalizando o jogo apenas batendo de Thrun e obrigando ele a gastar todos os comandos para Tap, Draw e dar Chumpblock em Celestial Colonnade (Agradeço o Regenerar, Wizards!).
 
4-1
 
Maravilha, podia dar ID, mas jogaria para lockar o seed 1 e começar no play.
 
Round 6 : Mirror
 
G1 Perdi no dado novamente, mas abri com uma mão boa e finalizei o jogo rapidamente antes que ele achasse o Scapeshift.
 
G2 Ele sabia da minha Witchbane Orb​, mas tinha poucas respostas, uma Orb resolvida me deu tempo o suficiente pra finalizar.
 
5-1 Yess!
 
Isso me colocaria no top 4 e com chances de começar todos os jogos do top 8, passo em segundo, ganho 350 Reais de crédito e já fico com um sorriso de orelha a orelha (pun intended).
 
O top 8 era formado por: 3 Valakuts, 1 UWR Queller, 1 Burn, 1 Dredge, 1 Merfolk e 1 BR Moon.
 
Quartas de Final: Merfolk
 
G1 - Eu abro com uma mão que fazia Scapeshift para 36 no quarto turno se encontrasse uma land desvirada, no entanto, no quarto turno eu encontro um Valakut, the Molten Pinnacle, que me impediu de fazer Search for Tomorrow​, Scapeshift​ e ainda pagar o Cursecatcher , acabei morrendo na volta.
 
 
G2 - Gasto meu Lightning Bolt agressivamente no Cursecatcher para não ter problemas em curvar, resolvo um Tireless Tracker​, que me encontrou um Engineered Explosives pra 2 e um Titan, sequência..
 
G3 - Estava com muito medo de um Unified Will​, pois não teria como ter mais bixos que ele, no quarto turno ele vira todos os terrenos para fazer um Master of Waves e eu vejo que o caminho estava aberto para Prismatic Omen e Scapeshift
 
Semifinais : UWR Queller
 
G1 - Eu estava no Play, então conseguia fazer um Scapeshift para 18 no turno 4, eu só precisaria de um removal pro Spell Queller​, caso ele tivesse. Dito e feito, compro um Valakut, the Molten Pinnacle (eu já tinha Prismatic Omen na mesa) faço Scapeshift, tomo Spell Queller, baixo Valakut e mato o Queller. Ufa, essa foi rápida.
 
G2 - Como somos parceiros de equipe não era segredo o que vinha de ambos os lados e ele sabia que meu side era superior ao que ele iria subir, só que ele estava no play, turno 2 ele dá um Spell Snare no meu Sakura-Tribe Elder, faz Geist of Saint Traft no 3, anula minhas duas próximas spells e vamos pro G3.
 
G3  - Eu mantenho uma mão que faria Thrun, the Last Troll no 3, se ele não anulasse meu Search for Tomorrow​.. Resolvo o Thrun, the Last Troll no 3 e ele trava na segunda land, quando resolvo o Obstinate Baloth ele percebe que mesmo que encontrasse terrenos não teria tempo para voltar pro jogo, estende a mão e eu estou nas finais.
 
Final: Burn
 
Meu side estava bom para essa match, mas devido ao meu horário meu oponente resolve conceder, Oh, the value!
 
 
 
Termino o torneio 8-1, volto felizão pra casa com um Kit do Circuito ligamagic (Camiseta, playmat, Squeeze e bolsa) e quebro minha maldição de estar perdendo em top 4s desde o começo do ano.
 
 
 
 

Bruno Ramalho ( Bruno_Orelha)
Aficionado por Legacy, sempre que pode joga com decks que matam com terrenos e não dispensa uma ativação de Vial no passe.
Redes Sociais: Facebook

ARTIGOS RELACIONADOS

Decks da Semana #9 do CLM10: BW Tokens

Modern: BW Tokens, por Christopher L. Silva.


Report top8 no RPTQ

Counter Company para o topo!


O Submundo do Modern - Marvelous Energy

Ele ainda está vivo!


O Submundo do Modern - Planeswalker Season

Preparem-se para encrenca em dobro!

MTG Cards





Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

Coronelww (03/11/2017 10:30:11)

isso aí oreia, por mais jogos como aquele g3 que tivemos ahhaha, só espero nao esquecer de desvirar o nettle na proxima hahahahah
parabéns pelo champ

Bruno_Orelha (02/11/2017 15:28:50)

Valeu Ale!

pachekinho (02/11/2017 15:18:09)

Parabéns!

Bruno_Orelha (02/11/2017 12:07:23)

Valeu Rodrigão!

rfacanali (02/11/2017 12:06:02)

Parabéns Orelha.....

Participe de um dos maiores eventos de Magic: The Gathering da América Latina